Filho de ex-prefeito do Pilar é preso após tentativa de homicídio

Ministério Público opinou pela homologação do auto de prisão em flagrante e a sua conversão em preventiva

Samuel Souza de Oliveira, de 40 anos, que foi preso em flagrante, na madrugada desse domingo (31), suspeito de uma tentativa de homicídio, teve a prisão convertida em preventiva após audiência de custódia. Samuel é filho do ex-prefeito do Pilar Oziel Barros. Ele foi preso em trecho da BR-316, no município de Satuba.

De acordo com informações do Tribunal de Justiça (TJ/AL), encerrada a oitiva de Samuel, o Ministério Público opinou pela homologação do auto de prisão em flagrante e a sua conversão em preventiva.

Por sua vez, a defesa técnica defendeu pela homologação do Auto de Prisão em Flagrante e a concessão de liberdade provisória ou a aplicação de medidas cautelares diversas. Ao final, a juíza plantonista da 1ª Circunscrição, Joyce Araújo Florentino, decidiu pela prisão provisória.

"Homologo o flagrante, visto que o encarceramento ocorreu de forma regular, a suposta conduta narrada é típica e as formalidades do auto flagrancial foram atendidas (nota de culpa, nota de direitos fundamentais, comunicação à família, etc). Acerca das medidas cautelares, há necessidade de decretar a prisão preventiva para garantir a ordem pública e a conveniência da instrução criminal, já que o suposto agente delitivo tentou se evadir do local do sinistro, o que permite vislumbrar resistência na elucidação dos fatos ocorridos", diz um trecho da decisão na audiência de custódia.

As informações do 8º Batalhão da Polícia Militar (BPM) apontam que Samuel teve uma discussão com a vítima, de 43 anos, quando sacou a arma e disparou 7 vezes. A vítima foi socorrida e levada para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde permanece recebendo atendimento. O fato aconteceu em uma praça da cidade do Pilar.

O CASO

A tentativa de homicídio foi registrada em um bar localizado na cidade do Pilar. De acordo com guarnição do 8º Batalhão de Polícia Militar acionada à ocorrência, Samuel se evadiu do local após o crime. Porém, os militares avistaram o automóvel conduzido por Samuel quando ele empreendia fuga, nas proximidades da pista de acesso ao Lindoya Parque.

Durante a abordagem ao veículo Fiat Uno de cor branca e placa OHJ-2D18, os policiais apreenderam a pistola utilizada no crime, um aparelho de telefone celular e a quantia de R$ 2.732,00 em espécie. Samuel foi conduzido à Central de Flagrantes da Polícia Civil, no bairro Pinheiro, em Maceió, onde também foi autuado por embriaguez ao volante. A vítima do atentado, por sua vez, foi socorrida ao Hospital Geral do Estado (HGE).