Nicole Calheiros afirma que continuar luta em favor da população com TDAH

De acordo com ela, brasileiros que convivem com os sintomas continuam com o diagnóstico tardio, o que dificulta o convívio social de muitos

Embora não tenha conseguido se eleger deputada federal, a candidata Nicole Calheiros disse nesta segunda-feira (03), que continuará com a bandeira de luta em favor das pessoas com Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH). De acordo com ela, brasileiros que convivem com os sintomas continuam com o diagnóstico tardio, o que dificulta o convívio social de muitos.

Segundo a Associação Brasileira do Déficit de Atenção (ABDA), a condição do neurodesenvolvimento atinge cerca de 2 milhões de pessoas em todo o Brasil.

Ao longo da campanha eleitoral, Nicole Calheiros abraçou a causa e mostrou que é possível discutir saúde da população com seriedade e respeito. Nesse período, a candidata se voltou para dois temas: além da saúde preventiva e a luta em prol de pessoas com TDAH, Calheiros também chamou a atenção da população para a saúde preventiva.

"Não é fácil falar de saúde ou de TDAH numa disputa em que os adversários falavam muito em bem materiais — é mais visível uma aquisição de um trator para a população do que assimilar que cuidar da saúde é um bem maior", destacou ela.