Na cobrança por promoções, oficiais pedem respeito e acusam Renan Filho de falta de empatia e omissão

Assomal diz que o governador 'só conhece as corporações no dia de formatura e de inauguração de CISP'

Mais uma vez, os oficiais militares de Alagoas divulgaram uma nota na qual fazem cobranças ao governador Renan Filho (MDB) para que destrave as promoções da categoria. Eles cobram respeito e acusam o chefe do Executivo Estadual de falta de empatia e omissão.

Reiteradas vezes, a Associação dos Oficiais Militares (Assomal) tem publicado textos com críticas direcionadas ao governador, sempre por causa da demora nos processos em tramitação. A entidade argumenta que a desvalorização gera insatisfação e perdas salarias que estão sendo difíceis de recuperar. Os inativos e pensionistas seriam os mais prejudicados.

Confira a nota mais recente, na íntegra:

Se a vida já é emocionante e imprevisível, nos tempos atuais, diante de tantas incertezas e perdas advindas da Pandemia do Covid-19, uma certeza é unânime: estar vivo é uma dádiva. Cuidar de si e dos seus é sabedoria de poucos, mas obrigação de muitos. É assim nas famílias, onde os adultos devem orientar e proteger seu Lar; na vida militar, onde os comandantes devem conduzir sua tropa e defender sua Corporação e, quando se escolhe ser Governador de Estado, aí não é apenas ser. É dever, é responsabilidade jurídica e funcional.

Quando um político assume a responsabilidade de coordenar seu Estado, defender seu povo e lutar por melhores dias, dentre tantas habilidades, ele deve, no mínimo, ter empatia pelo próximo. E isto, falta ao Governador Renan Filho. Ele ainda não sabe o que sente centenas de Militares Estaduais que são prejudicados pelo atraso de suas promoções, como ocorre com os oficiais da PMAL e no CBMAL, atrasada desde novembro de 2021. Ele também não sabe o malabarismo que as pensionistas de Militares Estaduais fazem para sobreviver recebendo seus vencimentos com o valor errado e defasado.

Renan não sabe como é o dia a dia dos Militares Estaduais, pois ele só conhece as Corporações no dia de Formatura e de inauguração de CISP. Não sabe como é difícil sair de casa, arriscar sua vida pelo próximo e voltar ao Lar sem reconhecimento, sem remuneração justa e, o pior, visto com descaso e desprezo quando comparado ao tratamento dado pelo Governo a outras categorias.

Todos merecem respeito! A trajetória secular das Corporações Militares Estaduais alicerça o trabalho de diversos profissionais e a edificação da Paz Social em Alagoas. Além da garantia de sucesso das políticas públicas de Segurança e o merchandising do atual governo.

Chega de humilhação e ingratidão! Respeite nossas famílias! Libere as promoções atrasadas do CBMAL! Destrave os projetos que fortalecem a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas! Não coloque em seu currículo a destruição das Corporações!