Marcelo Victor e Bruno Toledo se filiam ao Democratas; Victor deve presidir o União Brasil em Alagoas

Ato aconteceu no gabinete da presidência da Assembleia Legislativa, e as fichas foram abonadas pelo presidente estadual da legenda, o ex-deputado federal José Thomaz Nonô

No início da noite dessa quarta-feira (15), o deputado Marcelo Victor, presidente do Poder Legislativo, e o deputado Bruno Toledo assinaram suas fichas de filiação ao Partido Democratas.

O ato aconteceu no gabinete da presidência da Assembleia Legislativa, e as fichas foram abonadas pelo presidente estadual da legenda, o ex-deputado federal José Thomaz Nonô.

O Democratas e o PSL estão em processo de fusão, que resultará na criação do União Brasil. Este, segundo Nonô, deverá ser presidido no Estado por Marcelo Victor.

"Nós viemos conversando com o Marcelo Victor há muito tempo. Ele é o comandante talhado para isso, estará envolvido no processo eleitoral deste ano. É tolerante politicamente, faz uma parceria altiva com o governo do Estado, não agindo de forma subserviente. Ninguém melhor que Marcelo Victor para conduzir esse processo".

Após assinar sua ficha de filiação, Marcelo Victor agradeceu o convite para ingressar no partido e se comprometeu em trabalhar na formação do União Brasil de forma heterogênea e democrática.

"Com espaço e voz para todos os alagoanos que queiram fazer parte desse grupo político, sempre perseguindo incansavelmente as melhorias que o nosso povo precisa. Quando fazemos política, temos como objetivo final ajudar nossos conterrâneos e o Brasil", declarou o presidente do Poder Legislativo.

José Thomaz Nonô também apontou que a janela partidária, de 30 dias, para que parlamentares possam mudar de partido sem perder o mandato, deverá atrair mais parlamentares da própria Assembleia Legislativa para o União Brasil. Este ano, a janela se abre em março.

"O Marcelo, com sua habilidade, já está articulando. As coisas irão acontecer no seu devido tempo, mas tenho certeza que iremos caminhar para uma eleição com um expressivo número de deputados estaduais e federais, além de importante participação também na disputa majoritária", afirmou Nonô.

O deputado Bruno Toledo, que também teve sua ficha abonada, lembrou sua ligação familiar com o Democratas e destacou o protagonismo que o União Brasil deverá assumir no pleito deste ano.

"Entro nessa missão como um soldado, um missionário, na busca do crescimento do nosso partido. Principalmente sendo liderado pelo deputado Marcelo Victor, que, além de presidente do Poder Legislativo, é também uma referência na política alagoana".