Jovem de 28 anos é uma das 13 novas vítimas de Covid-19 em AL

Boletim Epidemiológico da Sesau também aponta 531 novos casos da doença no estado

Um jovem de 28 anos é uma das 13 novas vítimas da Covid-19 em Alagoas nas últimas 24h. Conforme novo Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulgado na tarde deste sábado (24), 531 novos casos da doença foram confirmados, saltando para um total de 227.900 casos diagnosticados do novo coronavírus até o momento – desse total, 1.664 estão em isolamento domiciliar.

Outros 220.104 pacientes já finalizaram o período de isolamento, não apresentam mais sintomas e estão recuperados da doença. Há 8.087 casos em investigação epidemiológica. Alagoas tem 5.724 óbitos por Covid-19.

Os casos confirmados de pessoas com a Covid-19 estão distribuídos nos 102 municípios alagoanos. Em relação ao quadro total de óbitos em Alagoas, estão confirmados 5.724 óbitos por Covid-19, mas, oito deles, eram de pessoas residentes em Pernambuco, São Paulo, Santa Catarina e Bahia, tendo como vítimas seis homens e duas mulheres. Dos 5.716 óbitos de pessoas residentes em Alagoas, 3.175 eram do sexo masculino e 2.541 do sexo feminino. Eram 2.487 pessoas que residiam em Maceió e as outras 3.229 moravam no interior do Estado, segundo o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs), da Sesau.

No boletim deste sábado (24), mais 13 mortes foram confirmadas, laboratorialmente, por causa do novo coronavírus, sendo sete vítimas da capital alagoana e seis do interior do Estado. As vítimas de Maceió eram quatro homens de 28, 80, 82 e 89 anos, além de três mulheres de 56, 76 e 78 anos. O homem de 28 anos não tinha comorbidades e morreu em seu domicílio; o homem de 80 anos tinha doença cardiovascular crônica, era ex-tabagista e morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UAP) do Jacintinho, em Maceió; o homem de 82 anos tinha doença cardiovascular crônica, diabetes e morreu no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió; o homem de 89 anos era diabético e morreu em seu domicílio; a mulher de 56 anos era obesa e morreu no Hospital da Mulher (HM), e Maceió; a mulher de 76 anos tinha doença cardiovascular crônica, diabetes e morreu em seu domicílio; e a mulher de 78 anos tinha doença cardiovascular crônica e morreu em seu domicílio.

Em relação às seis vítimas que residiam no interior do Estado, eram dois homens de 39 e 48 anos, além de quatro mulheres de 33, 46, 61 e 65 anos. O homem de 39 anos, era de Atalaia, tinha obesidade, síndrome do pânico e morreu no Hospital da Mulher (HM), em Maceió; o homem de 48 anos, residia em Marechal Deodoro, tinha hipertensão e morreu no Hospital da Mulher (HM), em Maceió; a mulher de 33 anos, morava em Traipu, era puérpera e morreu no Hospital Regional, em Arapiraca; a mulher de 46 anos, era de Porto Calvo, tinha obesidade, doença cardiovascular e morreu no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió; a mulher de 61 anos, residia em Pilar, tinha obesidade, hipertensão, diabetes e morreu no Hospital da Mulher (HM), em Maceió; e a mulher de 65 anos, era de Arapiraca, não tinha comorbidades e morreu no Hospital Escola Portugal Ramalho (HEPR), em Maceió.

Dos 1.488 leitos criados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) para atender, exclusivamente, pacientes com suspeita e confirmação de infecção pelo novo coronavírus, 389 estavam ocupados até às 16 horas da sexta-feira (23/7), o que corresponde a 26% do total. Atualmente, 179 pacientes estão em leitos de UTI, 13 ocupando leitos intermediários e 197 em leitos de enfermaria. Para acompanhar a evolução da ocupação dos leitos exclusivos para Covid-19, acesse http://www.alagoascontraocoronavirus.al.gov.br/

  • Com informações da Sesau