Em entrevista, Josan Leite destaca movimento empreendedor criado dentro da UFAL

Candidato a deputado federal tem como uma de suas bandeiras a educação financeira e empreendedora dentro de escolas

Em entrevista ao podcast Podsimbora, o candidato a deputado federal Josan Leite (Republicanos) falou sobre suas ideias para a Câmara Federal e que vem buscando conversar ainda mais com os eleitores jovens. Ele evidenciou suas propostas e valores conservadores e comentou alguns assuntos polêmicos.

Entre os pontos discutidos na entrevista, Josan trouxe a doutrinação dentro das universidades públicas do Brasil. O candidato, que é engenheiro civil formado pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL), relembrou que esteve a frente de movimentos estudantis, mas que naquele tempo não se falava sobre as ideologias de direita e esquerda.

“Eu vi de dentro um projeto ideológico sendo implantado. A preparação desses jovens, para participar dos movimentos, já vem de muito tempo. Essas pessoas se formam e voltam para as universidades como professores e aí vai se perpetuando essas ideias. Tem uma questão social também: se você está dentro de um grupo a tendência é se igualar para poder ser aceito. No momento que você se encontra em um ambiente que é majoritariamente de esquerda, você termina se tornando um deles para ser parte daquele time”, salientou.

Ele ainda destacou que seu pai saiu de uma infância pobre em uma cidade sem escolas para se formar em Biologia, no Recife, e posteriormente, se tornar o primeiro doutor da Universidade Federal de Alagoas. Segundo Josan, a superação dos pais virou exemplo, sendo o norte para sua trajetória escolar, já que, ainda na faculdade, foi um dos fundadores da EJEC, Empresa Junior de Engenharia Civil, prestando serviços para a população e sendo comandada por estudantes até os dias atuais.

“Ali foi a inauguração do movimento jovem empreendedor. Eu tenho uma militância na área empreendedora já há muito tempo. Participei de movimentos contra a corrupção e contra a violência no estado de Alagoas, tendo sempre uma vida política muita ativa”, ressaltou.

O candidato também relembrou uma de suas propostas quando participou das eleições à cargos executivos em 2018 e 2020. Para ele, a educação empreendedora e financeira dentro das escolas seria obrigatória, fortalecendo a independência do povo.

*com informações da assessoria.