Bolsonaro decreta luto oficial pela morte de Olavo de Carvalho

Escritor e filósofo Olavo de Carvalho, 74 anos, morreu na madrugada desta terça-feira (25/1). Presidente decretou luto oficial de um dia

O presidente Jair Bolsonaro (PL) decretou luto oficial de um dia após a morte do filósofo e guru do governo Olavo de Carvalho. A decisão está em decreto publicado no Diário Oficial da União (DOU).

O escritor Olavo de Carvalho, de 74 anos, morreu na noite dessa segunda-feira (24/1), madrugada desta terça-feira (25/1) no horário brasileiro. Ele estava internado em um hospital de Richmond, Virgínia, nos Estados Unidos.

“É declarado luto oficial em todo o país, por um dia, contado da data de publicação deste decreto, em sinal de pesar pelo falecimento do professor Olavo Luiz Pimentel de Carvalho”, destaca trecho do documento assinado por Bolsonaro.

O chefe do Executivo federal já havia lamentado a morte. “Nos deixa hoje um dos maiores pensadores da história do nosso país, o filósofo e professor Olavo Luiz Pimentel de Carvalho”, escreveu o presidente em seu perfil no Twitter.

Veja o decreto de luto oficial:

Bolsonaro decreta luto oficial pela morte de Olavo de Carvalho - Foto: Foto: Reprodução/DOU

A causa da morte não foi divulgada. Entretanto, o próprio escritor afirmou que tinha se infectado com o novo coronavírus, causador da Covid-19. Carvalho era casado com Roxane, tinha oito filhos e 18 netos.

Natural de Campinas (SP), Olavo vivia desde 2005 nos Estados Unidos. Segundo ele, um dos motivos de sua mudança do Brasil para os EUA foi a chegada do Partido dos Trabalhadores (PT) à Presidência da República.