Repercussão do desaparecimento de criança leva distrito a encaminhar caso à especializada

Maria Clara está desaparecida desde a última segunda-feira (19), quando saiu de casa – na comunidade Novo Horizonte, no Vergel do Lago – para brincar

A repercussão do desaparecimento e a urgência de medidas para encontrar a menina Maria Clara Gomes da Silva, de apenas 5 anos, em Maceió, levou a equipe do 3º Distrito Policial (DP) a encaminhar o caso à Delegacia Especializada de Crimes Contra Criança e Adolescente (DECCA).

Maria Clara está desaparecida desde a última segunda-feira (19), quando saiu de casa – na comunidade Novo Horizonte, no Vergel do Lago – para brincar. “Esse caso está tendo muita repercussão e o delegado (Nivaldo Aleixo) achou melhor encaminhar para a especializada. É uma família muito humilde. Uma situação muito triste”, declarou o chefe de operações do 3º DP, Ailton Oliveira, que avalia que a mãe da menina poderá ser indiciada.

“A menina era acostumada a sair para brincar ali perto, todos fazem isso na localidade. Uma equipe da Segurança Pública está acompanhando o caso”, acrescenta o policial civil. Na terça-feira (20), foi encontrado um par de chinelos da menina, que segue desaparecida. Policiais civis e militares fizeram buscas, mas até agora não há informações que levem ao paradeiro da menina.

A tia da criança, Júlia Nogueira, contou que, após o desaparecimento, os parentes e amigos se mobilizaram para divulgar fotos da menina nas redes sociais. Quando desapareceu, Maria Clara usava um short verde e blusa florida.

Nesta quarta-feira (21), a mãe e uma vizinha de Maria Clara foram ouvidas na delegacia especializada.