Polícia prende suspeito de matar entregador na Feirinha do Tabuleiro

A equipe comandada pelo delegado Fábio Costa conseguiu contê-lo, apreendendo em poder dele um revólver calibre 38

A Polícia Civil de Alagoas (PC/AL) prendeu, nessa segunda-feira (13), um jovem de 21 anos, identificado pelas iniciais PHC, suspeito de participar da morte do entregador Lucas de Lima Santos, que tinha 27 anos. O crime, considerado como latrocínio - roubo seguido de morte -, ocorreu no dia 1º de abril deste ano, na Avenida Maceió, que fica por trás da Feirinha do Tabuleiro do Martins, parte alta da capital. Já a prisão ocorreu em Satuba, na Região Metropolitana.

De acordo com informações do delegado Fábio Costa, que coordenou a ação, participaram também do crime o irmão do preso - um adolescente de 17 anos - e a companheira dele. Ambos, suspeitos de abordar a vítima, estão soltos porque ainda não foram decretadas a prisão e apreensão pela Justiça.

Segundo a Polícia Civil, o homem resistiu à abordagem e ainda entrou em luta corporal contra um policial, que ficou ferido. O suspeito foi contido e, com ele, foi apreendido um revólver calibre 38, com remuneração raspada. A polícia acredita que a arma de fogo pode ter sido usada no dia do crime.

Uma arma de fogo foi encontrada com o suspeito. - Foto: Polícia Civil

Dinâmica do crime

Investigações levam a crer que o jovem de 21 anos articulou praticar assaltos contra pessoas que vendiam produtos em um site de compra e venda na internet. Isso porque a vítima já tinha publicado um anúncio, com o interesse de vender um celular

"De forma premeditada, junto com a companheira, o suspeito marcou com a esposa de Lucas na Feirinha do Tabuleiro, onde tudo aconteceu", diz o delegado.

Imagens de câmeras de segurança mostraram toda a movimentação. No local acertado, a vítima e a mulher foram abordados pelo irmão de P.H.C. (um adolescente de 17 anos) e pela companheira do autor, que convidou Lucas para um beco, sob a justificativa de que iria testar o aparelho. A Polícia Civil considera que, na verdade, Lucas foi levado para uma emboscada.

A gravação mostra que um homem, vestido com calça jeans, camisa azul e que usava um chapéu preto, vai ao encontro dos três. De acordo com a polícia, o indivíduo que foi preso nessa segunda-feira é o suspeito de atirar contra a vítima.

O adolescente abordou Lucas e pediu o celular dele, segundo as investigações. A vítima teria negado e resistido entregar o aparelho, mesmo sob a ameaça de que iria ser morta. Como não atendeu, foi baleado por P.H.C na nuca quando tentava correr. Os três saíram do local, em seguida, tomando destino ignorado.

Durante o crime, conforme imagens de videomonitoramento, é possível perceber que havia crianças brincando, pedestres e comerciantes no entorno da Feirinha do Tabuleiro.

"A mulher de Lucas, conforme as imagens, ficou tão desnorteada que tentou tirar a chave da motocicleta, mas saiu correndo pela rua, deixando o veículo e capacete para trás. Ela resolveu acompanhá-lo numa motocicleta para que, após a negociação, os dois fossem comprar leite e fraldas para uma das filhas, em um supermercado", complementa a autoridade policial.

*Com informações do delegado Fábio Costa.