PM suspeito de manter mulher em cárcere se apresenta à Corregedoria

Ele está detido no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças, no bairro do Trapiche, em Maceió.

O sargento reformado da Polícia Militar, que estava foragido por manter a mulher em cárcere privado, entregou-se à Corregedoria da Polícia Militar nesta quarta-feira (30). Ele está detido no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças, no bairro do Trapiche, em Maceió.

O Policial Militar, com uma longa ficha criminal de violência contra a mulher, estava sendo procurado pela Polícia Civil após agredir, ameaçar e manter a atual companheira dele em cárcere privado. Segundo o delegado Fábio Costa, que divulgou o caso nas redes sociais nesta segunda-feira (28), ao ser preso em flagrante, Roberto Kaennedy Oliveira Lima fugiu da Central de Flagrantes e, desde então, segue foragido.

De acordo com Fábio Costa, o caso contra a atual companheira do policial chegou à polícia no dia 14 de novembro, depois que a mulher, mantida em cárcere, escreveu um bilhete e jogou o papel pela janela do apartamento. Uma pessoa teria visto o papel com pedido de ajuda e o levou à delegacia. O homem foi preso em flagrante.

"Durante a lavratura do auto de prisão em flagrante, Roberto Kennedy se aproveitou do descuido das forças policiais e fugiu da Central de Flagrantes, antes mesmo da conclusão do procedimento", afirmou Fábio Costa, que disse haver um mandado de prisão preventiva contra o policial.