Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
X
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

Perícia identifica lesões em corpo de PM concretado e encontra facas no local do crime

Cadáver estava a cerca de 60 centímetros de profundidade, em um quintal


				
					Perícia identifica lesões em corpo de PM concretado e encontra facas no local do crime
Suspeito do crime era uma pessoa em que o militar tinha confiança. Reprodução

Apesar do avançado estado de putrefação, os peritos da Polícia Científica identificaram lesões na região torácica do corpo do sargento reformado da Polícia Militar de Alagoas Sérgio Murilo Nobre da Silva, que estava desaparecido desde fevereiro e foi encontrado concretado nesta sexta-feira (21). Próximo aos restos mortais, também foram localizadas facas.

O cadáver estava em uma área de lavanderia e a cerca de 60 centímetros de profundidade. As equipes precisaram de pelo menos duas horas para retirar o corpo do local.

Leia também

Apenas após a realização dos exames do Instituto Médico Legal (IML) será possível confirmar se os restos mortais são do PM Sérgio Murilo, que tinha 61 anos, e pode ter sido assassinado pelo próprio amigo, com quem teve um desentendimento.

O suspeito do crime era uma pessoa em que o militar tinha confiança. Ele foi preso em flagrante por ocultação de cadáver e teve decretada a prisão preventiva por homicídio.

O caso foi investigado pela Diretoria de Inteligência Policial da Polícia Civil de Alagoas (PCAL).

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas

X