Imagem
Menu lateral
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > POLÍCIA

PC conclui inquérito que apurou estupro após não pagamento de dívida

Homem acusado do crime foi indiciado e preso

O inquérito policial que investigou o crime de estupro que teve como vítima uma mulher, no bairro do Tabuleiro do Martins, em Maceió, foi concluído nesta quarta-feira (28), pela delegada Kelly Kristinne, da 2ª Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM2). Um homem, a quem a vítima teria pedido dinheiro emprestado a juros, foi indiciado e já foi preso por policiais da Diretoria de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (Dracco).

Segundo as investigações, como ela passou alguns meses sem pagar o empréstimo, o acusado a teria ameaçado e dito que ela “pagaria de um jeito ou de outro”, além de chamá-la de vagabunda, velhaca e outras palavras de baixo calão.

Leia também

Em 23 de fevereiro de 2021, dia do crime, o homem se dirigiu a uma loja pertencente à vítima e a estuprou. Só recentemente o caso começou a ser investigado, após a vítima resolver denunciar à polícia o ocorrido.

Além do estupro, o acusado foi indiciado também por ameaça e injúria. A delegada informou que o crime de estupro é considerado hediondo, com pena que pode chegar aos 10 anos de prisão.

Com assessoria*

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na App Store

Relacionadas