Imagem
Menu lateral
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > POLÍCIA

Mulher morta por ex dentro de shopping será sepultada nesta segunda

No momento do crime, Edvaldo Bemvindo Silva disse que daria um 'presente' para Valkíria Brito, já que era aniversário dela

O sepultamento de Valkíria Brito, de 40 anos, morta no dia do aniversário pelo ex-marido, dentro da loja onde trabalhava em um shopping da parte alta de Maceió, será sepultado às 19h, no Memorial Parque, no bairro Benedito Bentes.

O crime de feminicídio foi praticado pelo guarda municipal de São Miguel dos Campos, Edvaldo Bemvindo Silva, de 52 anos, de quem Valkíria estava separada há cerca de quatro meses. Após atirar na ex-mulher, ele cometeu suicídio.

Segundo a Polícia Civil, o delegado Filipe Caldas, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), instaurou inquérito policial e iniciou os procedimentos formais da investigação. As oitivas já estão sendo realizadas, ouvindo familiares e as pessoas que presenciaram o fato. A Polícia Civil também já está de posse de todas as imagens das câmeras de segurança do shopping e da loja

O crime aconteceu no domingo (25). Detalhes fornecidos pela Polícia Civil destacam que a vítima estava em outro namoro e o homem não aceitava o fim do relacionamento. "Ele (Edvaldo) ainda tentou a reconciliação, mas, recentemente, ela arrumou um namorado, e, com isso, talvez, ele tenha surtado", disse o delegado Nivaldo Aleixo.

Artigos Relacionados

Ao chegar na loja, Edvaldo disse que daria um "presente" para a mulher, por ser o aniversário dela, e cometeu o crime em seguida.

“Ele esteve à procura dela e, chegando à loja, disse que tinha um presente. As filmagens obtidas pela polícia mostram eles conversando, dando para notar uma insistência por parte dele. Ela saiu e ele foi atrás, momento em que Edvaldo puxou a pistola, dando um tiro fatal. Com a mesma pistola, ele deu um tiro na cabeça e, também, foi a óbito", completou o delegado.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na App Store

Relacionadas