Mulher é esfaqueada pelo marido, suspeito foge e vítima é socorrida por vizinhos

Outros três casos de violência contra mulher foram registrados em AL, nas últimas 12 horas

Pelo menos quatro casos de violência contra a mulher foram registrados pela Polícia Militar (PM), na últimas horas, no estado de Alagoas. Em uma das ocorrências, na madrugada desta quarta-feira (7), no bairro do Jacintinho, em Maceió, a vítima foi esfaqueada no tórax pelo marido, que fugiu após o crime. Ela, por sua vez, foi socorrida por populares para o Hospital Geral do Estado (HGE). 
Outros dois casos também ocorreram no bairro do Jacintinho, nessa terça-feira (6), e um fato aconteceu no município de Rio Largo. Em todos os casos, os suspeitos são os companheiros ou ex-companheiros das vítimas.
No primeiro caso, ocorrido na tarde de ontem, no Jacintinho, uma guarnição do Batalhão de Polícia de Eventos (BPE) esteve no local após denúncia de populares sobre um caso de violência doméstica. Ao chegarem à ocorrência, os militares constaram que a vítima, de 49 anos, havia sido ameaçada pelo marido.
Diante dos fatos, os envolvidos foram conduzidos à Central de Flagrantes I, no bairro do Farol, onde o suspeito foi autuado por ameaça com base na Lei Maria da Penha.
Em outra localidade do bairro do Jacintinho, uma mulher de 34 anos, foi agredida e ameaçada por seu cônjuge, de 32 anos, que foi autuado em flagrante pelo crime de lesão corporal e ameaça.
Interior
Já no município de Rio Largo, militares do 8º BPM estiveram no local e constataram que a vítima, de 54 anos, havia sido ameaçada de morte pelo ex-marido. Após o flagrante, o suspeito, de 48 anos, foi conduzido à delegacia e autuado por ameaça com base na Lei Maria da Penha.