Morte de homem em Mata Grande foi motivada por questões políticas, diz delegado

José Severino dos Santos Filho foi assassinado a golpes de faca, no último domingo (2), após discussão

José Severino dos Santos Filho foi assassinado por motivações políticas. Isso é o que aponta o inquérito policial, que está sendo concluído pelo delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti e reforça a tese de parentes da família da vítima que tinham apontado nesse sentido. A vítima foi morta a golpes de faca na noite do último domingo (2), dia de eleições gerais, no município de Mata Grande, no Sertão alagoano.

“Duas pessoas estavam ingerindo bebida alcoólica, cada um na sua localidade e ao se encontrarem houve uma desavença por motivações políticas. Um apoiava candidato A e outro candidato B e, nessa oportunidade chegaram a apostar a própria vida”, relatou o delegado, nas redes sociais, ao anunciar elucidação do crime.

De acordo com Rodrigo Cavalcanti, que não revelou o nome do autor do homicídio ou os nomes dos políticos defendidos pela vítima e o suspeito, “o fato é que uma dessas pessoas, o autor do fato, ele adentrou na residência quando foi recepcionado pelo outro na porta da sua residência e automaticamente o desfecho disso foi com um instrumento perfuro-contundente, tipo peixeira. Chegou a ser lesionado e apesar de ser socorrido veio a óbito”, disse.

O delegado informou que o inquérito policial está praticamente concluído, autoria identificada e sendo encaminhado ao Ministério Público Estadual e ao Poder Judiciário.