Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > POLÍCIA

Denúncias de violência doméstica aumentaram 61,3% em AL no primeiro semestre

Aumento é o segundo maior do País, crescimento no Brasil foi de 3,8%

A cada uma hora, em média, o telefone de 190 em Alagoas recebeu uma denúncia de violência doméstica no primeiro semestre deste ano. Ao todo, foram 4.454 chamadas para denunciar a agressão sofrida pelas mulheres alagoanas. Este número é 61,3% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado, quando foram registradas 2.762 denúncias.

Estes dados constam no 14° Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado nesta segunda-feira (19) pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), e colocam Alagoas como o segundo estado do País com maior aumento no número de ligações ao 190 acerca de violência doméstica. Alagoas está atrás somente de Rondônia, onde as denúncias deste crime cresceram 138,1%, saindo de 181 no primeiro semestre de 2019, para 431 no mesmo período de 2020.

Leia também

Em todo o Brasil, as ligações para o 190 acerca de violência doméstica aumentaram 3,8% no primeiro semestre de 2020. Foram 147.379 denúncias, frente 142.005 no mesmo período do ano passado. Em alguns estados, no entanto, a ligações para denunciar este crime diminuíram, como em Goiás, que registrou a maior queda, 35,5%. Por lá, o número caiu de 993 para 640.

Atualmente, Alagoas conta com apenas três delegacias especializadas de Defesa dos Direitos da Mulher, sendo duas em Maceió e uma em Arapiraca, mas nenhuma delas funciona 24h. O Estado conta também com a Patrulha Maria da Penha, que atua em Maceió, Arapiraca e Delmiro Gouveia, mas atende somente as mulheres que já possuem medidas protetivas.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas