Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > POLÍCIA

Creche afasta funcionária acusada por familiares de maus-tratos a criança

Parentes de um dos alunos procuraram a direção da unidade infantil para relatar o caso, que será investigado


				
					Creche afasta funcionária acusada por familiares de maus-tratos a criança
Funcionária de creche é acusada por familiares de cometer maus-tratos contra uma criança.. Hebert Borges

Uma creche, localizada na Avenida Juca Sampaio, no bairro do Barro Duro, afastou uma funcionária acusada de supostos maus-tratos a uma criança. Segundo a entidade, que funciona sem fins lucrativos, os parentes de um dos alunos procuraram a direção do local denunciando o caso. Eles realizaram uma manifestação na porta da creche, nesta segunda-feira (13).

Segundo a creche, os parentes e mães de outros alunos bloquearam a via, pedindo que a funcionária fosse afastada.

Leia também

"Nosso primeiro passo foi acolher a família afetada para ouvir seus relatos, compreender suas preocupações e oferecer todo o apoio necessário neste momento delicado", afirmou em nota a creche.

A entidade informou ainda que afastou a colaboradora, temporariamente, como medida de precaução.

"Decidimos afastar temporariamente a colaboradora mencionada, como medida de precaução e respeito ao processo de apuração em andamento, assim como preservar sua integridade até que haja uma melhor apuração dos fatos", afirmou a unidade infantil.

Foram acionados para atender a ocorrência durante o protesto o Conselho Tutelar, o Batalhão de Gerenciamento de Crise e o Batalhão Escolar da Polícia Militar.

O Gerenciamento de Crises disse que, inicialmente, surgiram notícias de que a criança tinha sido abusada sexualmente, mas o abuso não foi constatado, o que carece de investigação.

"O importante é que a população, ao tomar conhecimento de um fato, se quiser transmiti-lo, transmita-o da maneira como foi. Porque já está muita notícia falsa circulando, dizendo que houve abuso sexual, não foi constatado de pronto o abuso. Há uma denúncia de suposto maus-tratos", afirma o oficial da Polícia Militar, capitão Henrique Durval.

A criança foi levada para o Instituto Médico Legal (IML) para fazer exame de corpo delito e identificar as possíveis agressões. A Polícia Civil deve investigar o caso.

Confira nota da creche na íntegra:

Desde a sua fundação há mais de 37 anos, nossa instituição tem sido um lar caloroso e acolhedor para inúmeras crianças, onde o cuidado, a segurança e o amor são os pilares de nossa missão. Somos uma instituição que tem seu trabalho reconhecido, e com total credibilidade pelas famílias assistidas e pela sociedade.

Na manhã dessa segunda feira, dia 13 de maio de 2024, ao realizar a entrada das crianças, fomos procurados pela família de uma criança que havia, supostamente, sofrido maus tratos envolvendo um integrante da nossa equipe, e que logo após, fizeram uma manifestação de protesto, bloqueando a via publica.

Assim que tomamos conhecimento desse evento, agimos com rapidez e determinação. Nosso primeiro passo foi acolher a família afetada para ouvir seus relatos, compreender suas preocupações e oferecer todo o apoio necessário neste momento delicado. Para nós, é essencial que cada voz seja ouvida e cada preocupação seja levada a sério.

Além disso, estamos trabalhando em estreita colaboração com as autoridades competentes, incluindo o Conselho Tutelar, o Batalhão de Gerenciamento de Crise e o Batalhão Escolar da Polícia Militar, para conduzir uma apuração completa e transparente. Nossa colaboração é total e nosso compromisso com a verdade e a justiça é inabalável.

Neste ínterim, decidimos afastar temporariamente a colaboradora mencionada, como medida de precaução e respeito ao processo de apuração em andamento, assim como preservar sua integridade até que haja uma melhor apuração dos fatos. A segurança e o bem-estar de nossas crianças são nossa prioridade absoluta, e tomaremos todas as medidas necessárias para garantir que continuem protegidas.

Agradecemos à comunidade por seu apoio e compreensão neste momento desafiador. Reafirmamos nosso compromisso inabalável com a proteção e o cuidado de todas as crianças confiadas à nossa instituição.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas