Tempestade Nicholas vira furacão e atinge o Texas

Tormenta tocou o solo a 55 km da cidade de Freeport e agora ruma em direção a Houston, levando muita chuva ao estado até quarta e à Louisiana e ao Mississippi até quinta

A tempestade tropical Nicholas ganhou força e se tornou um furacão de categoria 1 (de uma escala que vai até 5) pouco antes de atingir a costa do Golfo dos Estados Unidos nesta terça-feira (14).

A tormenta tocou o solo do Texas a 55 km da cidade de Freeport e agora ruma para Houston, a quarta maior dos EUA, segundo o Centro Nacional de Furacões do país (NHC, na sigla em inglês).

O Nicholas levará muita chuva ao Texas até quarta-feira (15) e à Louisiana e ao Mississippi até quinta-feira (16). Não há relatos de danos e vítimas até o momento.

Após tocar o solo, o Nicholas enfraqueceu e voltou a ser uma tempestade tropical (e pode perder ainda mais intensidade e virar uma depressão tropical na quarta), afirmou o NHC.

O governador do Texas, Greg Abbott, alertou a população na tarde de segunda-feira (13) sobre os próximos dias:

"Será uma tempestade de avanço lento pelo Texas, de vários dias, e vai descarregar uma quantidade imensa se chuva", afirmou Abbott. "As pessoas precisam estar preparadas para eventos extremos com alto nível de água".

O governador do Texas disse também que irá declarar estado de emergência em 17 condados e 3 cidades na costa e que equipes de resgate estão em alerta.

Muitos voos foram cancelados nos aeroportos da região de Houston, que foi duramente atingida pelo furacão Harvey em 2017.

Também foi fechado o canal de navegação do movimentado porto da cidade, que tem cerca de 2,3 milhões de habitantes.

Outros estados

Pode chover mais de 500 mm de água em algumas áreas do Texas até quarta-feira (15) e até 250 mm em partes do centro-sul da Louisiana e sul do Mississippi até quinta (16), segundo o NHC.

Os dois estados ainda se recuperam dos danos do furacão Ida, que causou mortes no sul dos EUA e deixou um rastro de destruição até no nordeste do país.