Sobe para 54 o número de mortos após deslizamento nas Filipinas

Cerca de 63 pessoas estão desaparecidas, entre trabalhadores de uma mina de ouro e moradores da região

O número de mortos após um deslizamento de terra nas Filipinas subiu para 54 neste domingo (11), segundo a agência France Presse.

Neste domingo, 19 corpos foram resgatados dos destroços na cidade de Masara, localizada na ilha de Mindanao, no sul, a segunda maior do país.

O deslizamento, ocorrido na noite de terça-feira (6), arrastou pedras, lama e árvores, soterrando trabalhadores de uma mina de ouro e 55 casas próximas, deixando mais de 30 pessoas feridas.

As autoridades continuam as buscas por 63 pessoas desaparecidas, entre trabalhadores da mina e moradores da região.

Na sexta-feira (9), uma criança de três anos foi resgatada viva dos escombros após quase 60 horas presa. As equipes de resgate descreveram o ocorrido como um "verdadeiro milagre".

Os deslizamentos de terra são frequentes no arquipélago do Sudeste Asiático devido ao terreno montanhoso, às chuvas e ao desmatamento causado pela mineração, agricultura e exploração ilegal de madeira.

As intensas chuvas castigam a região há semanas, resultando em dezenas de deslizamentos de terra e inundações e levando dezenas de milhares de pessoas a procurarem abrigo em locais de emergência.

Além disso, a região foi abalada nos últimos meses por fortes terremotos, contribuindo para a situação.

Receba notícias da GazetaWeb no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar a nossa comunidade:

https://4et.us/rvw00p