Meat Loaf, cantor de 'Bat Out of Hell', morre aos 74 anos

Ele também foi ator em filmes como 'Clube da luta' e 'The Rocky Horror Picture Show'

Michael Lee Aday, cantor e ator conhecido como Meat Loaf, morreu aos 74 anos. A informação foi divulgada em um comunicado na página oficial do artista no Facebook nesta sexta-feira (21).

Segundo o comunicado, ele americano morreu cercado pela mulher Deborah, pelas filhas Pearl e Amanda, e por amigos próximos. A causa da morte ainda não foi divulgada.

"Bat Out of Hell", álbum do cantor lançado em 1977, é um dos 10 mais vendidos de todos os tempos, com mais de 43 milhões comercializadas. O disco foi criado como trilha de um musical, chamado "Neverland" uma versão futurística de Peter Pan.

Em seis décadas de carreira, Meat Loaf vendeu mais de 100 milhões de álbuns e fez participações em mais de 60 filmes, incluindo "Clube da luta" (1999) e "The Rocky Horror Picture Show" (1975). Ele também apareceu como motorista das Spice Girls, no filme "Spice World".

Nascido em Dallas, no Texas, ele iniciou a carreira nos palcos na década de 70, participando dos musicais "Hair" e "The Rocky Horror Show". Pouco depois, passou a se dedicar mais à carreira musical, com repertório inspirado no rock progressivo e nos musicais.

Entre seus sucessos estão "Paradise by the dashboard light" (1977), "I'm gonna love her for both of us" (1981), "I'd do anything for love (But I won't do that)" (1993), além da faixa-título de seu álbum de estreia "Bat Out of Hell", que dura cerca de dez minutos.

"Nós sabemos o quanto ele significou para muitos de vocês e realmente agradecemos todo o amor e apoio enquanto passamos por esse momento de luto pela perda de um artista tão inspirador e um lindo homem. Agradecemos pela compreensão de que precisamos de privacidade nesse momento", informou a família em comunicado.

Meat Loaf estava entre os poucos cantores americanos de destaque, fora do country, a apoiar ativamente o Partido Republicano, como durante a campanha presidencial de 2012, quando pediu votos para o candidato Mitt Romney contra o eventual vencedor da eleição, Barack Obama.

O cantor e ator passou por alguns problemas de saúde, principalmente nas cordas vocais. Em 2015, o músico retomou a agenda de shows após um hiato de dois anos, encerrando os rumores de sua aposentadoria musical.

Ele havia sido vítima, em 2016, de um mal-estar no palco no Canadá. Ele também desmaiou no palco em Londres, em 2003, e em Pittsburgh, em 2011.