Hamas assume autoria de ataque terrorista em Jerusalém

Três civis israelenses e os dois autores do ataque terrorista morreram. Hamas diz que foi uma “resposta natural” aos crimes de Israel

O grupo extremista Hamas reivindicou os autores de um ataque terrorista a tiros em um ponto de ônibus de Jerusalém, na fronteira leste de Israel. Cinco pessoas acabaram mortas e 13 ficaram feridas.

Além dos dois autores dos tiros, duas mulheres e um homem perderam a vida na manhã desta quinta-feira (30/11), horário local (por volta das 2h40 da madrugada de Brasília). As três vítimas dos terroristas são Rabbi Elimelech Wasserman, 73 anos; Chana Ifergan, 64; e Livia Dickman, 24.

Segundo as autoridades israelenses, os autores são os irmãos Murad Namr, 38, e Ibrahim Namr, 30, de Jerusalém Oriental. A agência de segurança Shin Bet informou que os dois eram membros do Hamas e já estiveram na prisão por atividades terroristas.

Leia mais em Metrópoles.com

Receba notícias da GazetaWeb no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar a nossa comunidade:

https://4et.us/rvw00p