Em surto, turista quebra estátuas da Roma Antiga em museu do Vaticano

O homem foi encaminhado para polícia para ser interrogado e as peças foram entregues para o laboratório de restauração de mármore

Um turista derrubou dois bustos datados da era da Roma Antiga em um dos museus do Vaticano, nesta quarta-feira (5/10). O homem foi detido pela polícia e encaminhado a um escritório para prestar depoimento.

Segundo testemunhas ouvidas pela agência de notícias Reuters, o turista com idade na casa dos 50 anos “se comportou de maneira estranha” durante sua visita à galeria Chiaramonti.

Os dois bustos foram danificados e depois levados para um laboratório de restauração para reparos. A polícia do Vaticano abriu um processo para investigar o caso.

Segundo o perfil do Twitter @antigua_roma, com mais de 270 mil seguidores, o turista destruiu as obras de artes depois que o papa Francisco se recusou a recebê-lo. Um dos bustos destruídos é datado do século I a.C.

O museu do Vaticano ficou fechado durante dois anos em decorrência das medidas de restrições para conter a pandemia de Covid-19 no país. Até 2019, as instalações recebiam em média seis milhões de visitantes por ano.