Conservadora Sarah Palin declara apoio à candidatura de Trump

Manobra de Palin tem sido vista como desprezo ao senador Ted Cruz. Apoio chega a apenas duas semanas do início das primárias em Iowa

Sarah Palin, ex-candidata republicana à vice-presidência dos Estados Unidos em 2008 e ícone do chamado Tea Party, deu seu apoio nesta terça-feira (19) à candidatura do multimilionário Donald Trump para a Presidência.
O cobiçado apoio chega a apenas duas semanas do início das primárias em Iowa.
"Estou orgulhosa de endossar Donald J. Trump para presidente dos Estados Unidos", disse Palin, ex-governadora do Alasca, em um comunicado.
A manobra de Palin tem sido vista como um desprezo ao senador Ted Cruz, que está empatado com Trump em Iowa e se posiciona em segundo lugar nas pesquisas em nível nacional.
Trump, por sua vez, disse que estava "enormemente honrado de receber o apoio de Sarah".
"É uma amiga e uma pessoa de grande qualidade por quem tenho grande respeito. Estou orgulhoso de ter seu apoio", afirmou.
Enquanto isso, Cruz aproveitou para agradecer o apoio de Palin no passado: "sem seu apoio, não estaria no Senado", escreveu no Twitter.
"Sem importar o que faça em 2016, sempre serei um grande admirador", concluiu.