Comissão Europeia propõe abertura das fronteiras para viajantes vacinados

Decisão também valerá para permissão de turistas vindos de países com boa situação epidemiológica

A Comissão Europeia, braço executivo da União Europeia (UE), recomendou nesta segunda-feira (3/5) que cidadãos estrangeiros que tenham sido totalmente vacinados contra a Covid-19 e indivíduos vindos de países com boa situação epidemiológica tenham permissão de viajar ao bloco sem restrições adicionais.

A princípio, a regra valeria para vacinas aprovadas pela UE, mas poderá ser estendida a imunizantes que tenham recebido aval da Organização Mundial da Saúde (OMS), segundo comunicado da Comissão. O órgão também propôs elevar o patamar para o número de novos casos de Covid-19 utilizado para determinar a lista de países dos quais viagens serão permitidas. Isso deverá permitir ampliar a lista de nações com autorização de entrada na UE.

Já para limitar a importação de novas variantes da Covid-19, a comissão sugere um novo “freio de emergência”, que garantiria a rápida adoção de restrições a viagens de países suja situação sanitária se deteriore de forma acentuada, diz o comunicado.

Os integrantes da UE devem começar a discutir a proposta da Comissão nesta terça-feira (4/5). Um acordo é necessário para que as recomendações entrem em vigor.