Bombeiros deixam garotinha pintar suas unhas durante resgate

Para acalmar a menina de 2 anos, capitão sugeriu o momento divertido

Braelyn Fernelius, de 2 anos, viajava com a mãe, Jocelyn Fernelius, quando sofreram um acidente de carro, nos Estados Unidos. Para acalmar a criança que chorava muito, o capitão do Corpo de Bombeiros local teve a ideia de oferecer a própria mão e a do colega para que a menina colorisse suas unhas.
A garotinha ficou muito assustada e a mãe contou que ela não parava de chorar. Foi quando o capitão Kevin Lloyd, do condado de Davis, em Utah, (EUA), encontrou a solução para a menina se acalmar.
Kevin notou que Braelyn segurava alguns vidros de esmalte nas mãos. Então perguntou se ela queria pintar as unhas dele e de seu colega, Allen Hadley. "Ela queria usar muito as cores rosa e roxo, mas, notei que ela queria usar o rosa na minha mão e o roxo na dele", lembra.
E Braelyn aceitou na hora! 
Allen disse que o momento foi bem divertido. Ele notou que Braeley ficava extremamente empolgada toda vez que trocava a cor de esmalte.
Não demorou muito para a garotinha parar de chorar e começar a se divertir muito com os novos amigos bombeiros.
A foto e a atitude dos dois bombeiros viralizou, claro. Eles publicaram o fato no Facebook e foram muito elogiados.