Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > MUNDO

Biden diz que “Gaza é uma crise humanitária” em discurso de formatura

Presidente busca ganhar o apoio do eleitorado negro e fortalecer a base que o ajudou a garantir a vitória contra Trump


				
					Biden diz que “Gaza é uma crise humanitária” em discurso de formatura
Biden realiza discurso em formatura na universidade americana Morehouse. Foto: REUTERS

O presidente dos EUA, Joe Biden, fez um discurso de formatura na faculdade americana Morehouse College neste domingo (19) e abordou a insatisfação do público sobre a sua posição sobre Israel.

O discurso de Biden no Morehouse College, uma faculdade historicamente negra em Atlanta, faz parte de uma estratégia para reparar laços com jovens negros.

Leia também

“É uma crise humanitária em Gaza, é por isso que pedi um cessar-fogo imediato”, disse Biden sob aplausos.

“Eu sei que isso irrita e frustra muitos de vocês, inclusive na minha família”, o presidente complementou.

Biden não foi interrompido por protestos que vem encerrando diversas formaturas americanas.

Porém, estudantes viraram suas cadeiras para dar as costas ao presidente, um graduado segurou brevemente uma bandeira palestina e um membro da audiência se levantou e se virou com o punho levantado em forma de protesto.

Alguns formandos usavam ‘keffiyehs’ – o lenço preto e branco que se tornou um emblema de solidariedade com a causa palestina – amarrados em volta das suas vestimentas, enquanto o orador da turma pedia por um cessar-fogo permanente e imediato em discurso.

Este ano, Biden espera por mais momentos que possam o ajudar a se aproximar do seu eleitorado. Os responsáveis da campanha do presidente sinalizaram uma diminuição do entusiasmo da sua base, em particular entre os homens negros mais jovens.

Morehouse foi fundada em 1867 para educar os negros recém-libertados da escravidão, e entre seus ex-alunos está o ativista dos direitos civis Martin Luther King Jr.

“Obrigado, Deus, por esta aula esclarecedora de 2024”, disse o reverendo Claybon Lea Jr. em seu discurso de abertura da cerimônia, elogiando os alunos por sua consciência política enquanto Biden sorria.

“É minha posição como homem de Morehouse, ou melhor, como ser humano, pedir um cessar-fogo imediato e permanente na Faixa de Gaza”, disse o orador da turma de Morehouse 2024, DeAngelo Jeremiah Fletcher. Biden aplaudiu o discurso.

Uma pesquisa Reuters/Ipsos realizada este mês mostrou Biden empatado com o candidato republicano Donald Trump para eleitores com menos de 40 anos, um grupo que Biden venceu por pontos percentuais de dois dígitos em 2020.

Uma pesquisa Washington Post/Ipsos no mês passado mostrou que apenas 62% dos eleitores negros dizem que têm absoluta certeza de que votarão, contra 74% a última eleição.

Nove em cada 10 eleitores negros apoiaram Biden em 2020, segundo pesquisas.

O discurso de domingo (19) ocorre em meio a uma enxurrada de compromissos de Biden focados em ganhar o apoio do eleitorado negro.

Mais tarde no mesmo dia, ele deverá participar do Jantar do Fundo de Luta pela Liberdade da Associação Nacional para o Progresso de Pessoas de Cor, NAACP, de Detroit, no estado de Michigan.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas