Servidores do DETRAN/AL ameaçam deflagar greve para cobrar reajuste salarial

Segundo o SINSDAL, campanha salarial se arrasta há seis anos; a categoria aguarda proposta do governo de Alagoas

Cobrando reajuste salarial, os servidores do Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran/AL) realizarão uma assembleia, nesta quarta-feira (20), no auditório da sede do órgão, no bairro Tabuleiro dos Martins, na parte alta de Maceió. A categoria aguarda proposta do governo de Alagoas.

Segundo o Sindicato dos Servidores do DETRAN/AL (SINSDAL), a categoria irá se reunir para avaliar a campanha salarial, que, segundo a entidade, se arrasta há seis anos. Os servidores ainda pedem melhores condições de trabalho.

Caso seja decidido em assembleia, a categoria entrará em Estado de Greve a partir desta quarta (20). "No interior, bem como, na capital, vários serviços poderão ser prejudicados. Pedimos desculpas aos transtornos eventualmente causados aos nossos usuários", diz trecho da nota.

Também por meio de nota, a Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag) informou que vem "atendendo diversos sindicatos do Executivo alagoano para alinhar tratativas relacionadas às carreiras das categorias e que, em breve, os servidores do Detran também serão recebidos pela pasta."

A Gazetaweb também entrou em contato com o DETRAN/AL, que informou que está apurando mais informações sobre o caso.

Confira a nota na íntegra:

O SINSDAL, vem a público informar, que:

1- Nesta quarta feira, dia 20 de outubro de 2021, às 10 horas, os servidores do DETRAN/AL realizarão Assembleia no auditório do Edf. sede do órgão, no Tabuleiro.

2- A categoria irá avaliar a campanha salarial dos servidores que se arrasta há seis anos, e que além de melhores condições de trabalho, também aguardamos por uma proposta do governo, o que não chegou até a conclusão desta nota.

3- Na ocasião, os servidores decidirão a possível deflagração de Estado de Greve já a partir desta quarta feira;

4- No interior, bem como, na capital, vários serviços poderão ser prejudicados.

Pedimos desculpas aos transtornos eventualmente causados aos nossos usuários.

SINSDAL,

Juntos somos mais fortes!!

Maceió, 18 de outubro de 2021

Clayberson Ferraz Torres

Presidente