Imagem
Menu lateral
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > MACEIÓ

Mulher atingida por sete tiros disparados pelo marido militar sobrevive

Expedita foi submetida à cirurgia, tem estado de saúde estável e deixou a UTI do HGE

A doméstica Expedita da Silva, 37, que foi atingida por sete disparos de arma de fogo na última sexta-feira, deixou hoje à Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Geral do Estado (HGE) e está em recuperação na área vermelha. A informação foi repassada pelo militar de plantão no posto policial do hospital, sargento Pires.

Expedita, que passou por procedimento cirúrgico no HGE, tem estado de saúde estável e não corre risco de morte, segundo informou o plantonista. Ela foi agredida pelo marido, o policial militar chamado Ivan Augusto, que ocupa o posto de cabo na cooporação. Segundo testemunhas, ele teria disparado a arma durante uma discussão dentro da residência do casal, localizada no Sítio São Jorge.

Leia também

Depois dos disparos, o cabo foragiu. A filha do casal e os vizinhos chamaram o socorro para a vítima, que foi atingida nos braços, pernas e costas. Ao que tudo indica nenhum órgão fatal foi afetado. A vizinhança comenta que o casal frequentemente discutia e que havia violência física. O motivo seria ciúmes.

Apesar do estado de saúde da Expedita ter melhorado, segundo foi apurado junto ao HGE, a família dela está iniciando uma campanha para doação de sangue. Os doadores cadastrados ou quem puder doar pela primeira vez, deve se dirigir ao Hemoal, que fica após o HGE, documentado, para fazer a doação nesta segunda-feira. Qualquer tipo sanguíneo pode ser doado.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas