Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > MACEIÓ

Moradores reclamam de alagamentos devido a obra parada no Cleto

Obra de saneamento básico parou faz dois meses na região, segundo moradora, e água suja chega a sair dos ralos das casas

A rua Santa Terezinha, no Cleto Marques Luz, encontra-se há dois meses com uma obra de saneamento básico parada, o que tem resultado no acúmulo de água e no aparecimento de insetos na região, segundo uma moradora. O líquido do esgoto chega até mesmo a invadir as residências através de ralos de pias e banheiros.

"Mesmo quando não está chovendo, toda a lama entra nas nossas casas. Uma casa aqui na frente, que é a mais prejudicada, tem barata, tem escorpião", reclamou a moradora Rosângela dos Santos.

Leia também

Ela conta, também, que após a obra, a rua foi estreitada. "Antes dava para o carro fazer a volta tranquilamente, agora os carros não fazem mais. Vão fazer uma volta mais na frente ou saem de ré", diz a moradora. "A vizinhança inteira está revoltada com esta situação. Todas as ruas que eles fizeram [obras de saneamento] já acabaram, menos aqui".

Após uma chuva ocorrida na tarde desta quinta-feira (17), na parte alta da capital, a rua foi totalmente tomada por águas, que se misturaram à lama. Rosângela diz que as máquinas da obra ainda estão na região, paradas próximas ao Instituto Médico Legal (IML).

Segundo os moradores, a Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) informou, à época, que a obra seria parada devido à necessidade da instalação de estrutura adicional de coleta de esgoto na região. Até agora, contudo, a estatal não retomou os trabalhos no local.

Procurada, a Casal afirmou que não "possui rede de esgoto nessa região e que o problema em questão é de drenagem urbana e a prefeitura é a responsável por solucionar".

A reportagem tenta contato com o município.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas