Maceió vacina trabalhadores da Educação Básica e do ensino superior com 50 anos ou mais a partir desta sexta

Grupo prioritário com esta faixa de idade pode ir a um dos oito pontos de vacinação na capital

O Município de Maceió começa a vacinar, a partir desta sexta-feira (14), os trabalhadores da Educação Básica e ensino superior com 50 anos ou mais contra a Covid-19.

Compõem os trabalhadores da educação todos os professores e funcionários das escolas públicas e privadas do Ensino Básico que atuam em creches, pré-escolas, Ensino Fundamental, Ensino Médio, profissionalizantes e Educação de Jovens e Adultos (EJA). Também poderão se vacinar os trabalhadores das Instituições de Ensino Superior de Maceió.

Como a capital que mais vacina no Brasil, Maceió segue com os oito pontos de vacinação prontos para imunizar a população: drive-thru do estacionamento do Jaraguá, drive-thru da sede da Justiça Federal (Serraria), Maceió Shopping (Mangabeiras), Shopping Pátio e Praça Tiradentes (ambos no Benedito Bentes), Terminal do Osman Loureiro, Papódromo (Vergel) e área externa do Ginásio Arivaldo Maia (Jacintinho).

Pessoas com deficiência

As pessoas com deficiência a partir dos 30 anos também continuam sendo vacinadas. Estão inseridas nesta etapa as pessoas com deficiência permanente física, mental, intelectual ou sensorial, incluindo portadores de doenças raras e que causam deficiências intelectuais e/ou motoras e cognitivas.

Para se vacinar é necessário apresentar documento com foto e CPF, original e cópia de Comprovante de Residência e algum documento que comprove a condição, como o laudo médico que indique a deficiência; cartões de gratuidade no transporte público; documento que indique se tratar de pessoa com deficiência; comprovante de recebimento do Benefício de Prestação Continuada (BPC); documento comprobatório de vinculação a Centros de Reabilitação e/ou Unidades Especializadas no atendimento às pessoas com deficiência.

Nos casos de deficiência física aparente ou visível que causem limitações, não será obrigatória a apresentação do documento comprobatório.

Profissionais da Educação

Estes profissionais precisam apresentar original e cópia do contracheque do último mês ou da declaração de vínculo da instituição de ensino, além do documento com foto e CPF e comprovante de residência (original e cópia).