Intervenções da SMTT no Marco dos Corais garante segurança viária

Medidas foram tomadas para evitar acidentes com pedestres

Com o aumento do número de turistas na capital, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito ( SMTT) de Maceió faz análises para garantir a segurança viária dos maceioenses e visitantes, que buscam a capital alagoana como destino turístico. Com base em levantamentos que já constataram o aumento no número de pedestres que acessam o Marco dos Corais, localizado na Ponta Verde, foi verificada a necessidade de fechar um dos bolsões de estacionamento para garantir a segurança dos pedestres que acessam o espaço, para evitar que acidentes aconteçam.

Por conta disto foram implantadas sinalizações viárias que indicam a proibição de circulação de veículos automotores, marcas de canalização que orientam sobre a proibição de estacionamento e travessia de automóveis, além de tachões para reforçar a presença do zebrado (linhas marcadas no asfalto que indicam a inutilização do pavimento). Inclusive, com as tachas retrorrefletivas e prismas de concreto, que atuam como barreiras físicas.

" As intervenções foram realizadas com o objetivo de orientar os cidadãos sobre a proibição do acesso de veículos. Uma ação com o objetivo de evitar que acidentes aconteçam, garantindo a segurança viária das pessoas que buscam o espaço ", explicou o diretor de obras viárias da SMTT, Luciano Martins.

Os agentes de trânsito tiveram um papel importante na tomada de decisão, com a análise dos riscos para os pedestres com o aumento no fluxo de famílias com crianças e um conflito com os veículos que acessam o espaço. Agora, com a sinalização devidamente implantada, os condutores que insistirem em trafegar pelo local poderão ser autuados.

Quem insistir em desrespeitar as sinalizações pode ser autuado. As infrações variam de média a gravíssima e somadas podem resultar em multa que chegam a R$ 1.010,57 e 11 pontos na CNH.

"Nossas equipes atuarão todos os dias na região. O objetivo da SMTT é zelar pela segurança nas vias da capital. As infrações são punições extremas nesse caso. Então, contamos com a conscientização de todos. Afinal, sinalização foi devidamente implantada para orientar os condutores", destacou o diretor de Operações de Mobilidade, coronel Cícero Silva.

A SMTT ressalta que esses equipamentos são essenciais para garantir a segurança dos pedestres e alerta que a retirada dos dispositivos, além de causar prejuízos financeiros para o Município ocasiona riscos para as pessoas.

É importante salientar que danos contra o patrimônio público constituem crime previsto pelo Código Penal, artigo 163, que prevê pena de detenção de seis meses a três) anos e multa.