Imagem
Menu lateral
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > MACEIÓ

HU investiga se corpos de bebês foram trocados em necrotério

Conforme denúncia, recém-nascido foi enterrado por outra família no município de União dos Palmares

Por meio de nota à imprensa, o Hospital Universitário Prof. Alberto Antunes (HUPPA) informou, nesta quinta-feira (30), que investiga denúncia dando conta de que um bebê que veio a óbito naquela unidade de saúde foi trocado no momento da liberação do corpo, sendo sepultado por outra família, em União dos Palmares, município da Zona da Mata de Alagoas. O fato teria sido registrado nessa quarta-feira (29).

Segundo a mãe da criança, Gerlane da Silva, de 21 anos, o parto aconteceu no último sábado (25), mas o bebê não resistiu. Ao ser informada do óbito, a mãe acabou surpreendida, na manhã dessa quarta, ao receber a informação de que o corpo havia sido entregue a outra pessoa.

Leia também

Abalada, Gerlane se dirigiu à Defensoria Pública de União dos Palmares para tentar a exumação do corpo de sua filha. Entretanto, foi aconselhada a procurar a unidade da Defensoria em Maceió.

De acordo com o defensor público Fernando Rebouças, a Defensoria já está ciente do caso. Ele contou que já ouviu os pais da criança e que vai ingressar com uma ação para que os responsáveis sejam identificados e punidos. "Entramos em contato com o Hospital Universitário para solicitar mais informações a respeito. Mas também vamos recorrer à Justiça para que cada família possa enterrar seu ente", explicou o defensor, que também vai requerer a devida correção na certidão de óbito já confeccionada.

Na nota, o Hospital Universitário informa que a troca de corpos dos bebês natimortos já está sendo investigada, internamente, de forma preliminar. No mesmo comunicado, a direção do HU afirma lamentar o ocorrido.

Confira,abaixo, a íntegra da nota:

Sobre a troca de corpos de dois bebês natimortos, no Hospital Universitário Professor Alberto Antunes, a instituição informa que lamenta o ocorrido e que já está realizando investigação preliminar interna.

O Hospital Universitário reforça que possui um procedimento operacional padrão, que determina e orienta como se dão a identificação dos corpos e a liberação para os serviços de verificação de óbito.

A unidade ainda ressalta que não irá medir esforços para continuar a dar assistência aos familiares, prestar todos os esclarecimentos necessários e ainda verificar a necessidade de adequação dos processos internos adotados no hospital.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas