Homem morre carbonizado em Maceió após tanque de combustível de veículo explodir

Corpo de Bombeiros informou que vítima operava maçarico quando ocorreu acidente

Um homem morreu, na manhã desta quarta-feira (27), depois que o tanque de combustível de um veículo explodiu em trecho da Avenida Lourival Melo Mota, no bairro Cidade Universitária, na parte alta de Maceió. O fato aconteceu nas proximidades do acesso à Ufal e ao sistema prisional.
Informações repassadas pela assessoria de comunicação do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas dão conta de que a Luiz Carlos Lopes da Silva, de 34 anos, estava manuseando um maçarico quando o tanque explodiu. 
A vítima usada a ferramenta para soldar o tanque de combustível com resíduo inflamável, o que, certamente, provocou a explosão. O Corpo de Bombeiros informou que a substância utilizada era petróleo.
Corpo de Bombeiros informou que vítima operava maçarico quando ocorreu acidente
FOTO: josé feitosa
O reservatório do veículo estava vazio, mesmo assim a violência do impacto foi tamanha que parte do corpo de Luiz foi lançada a cerca de um quarteirão do local em que estava. Ele morreu antes mesmo de receber qualquer atendimento médico de emergência.
Uma das pernas dele caiu em uma calçada e o resto do corpo ficou dentro de uma residência. Ambas as áreas estão interditadas.

Testemunhas que estavam próximas fizeram contato com o Corpo de Bombeiros para combate ao incêndio. Ao todo, 10 militares em duas viaturas foram mobilizados para esta ocorrência.

Em conversa com a imprensa, familiares estavam inconformados com a morte de Luiz Carlos Lopes. Carlos Adriano  é irmão de Luiz e afirmou que passou a noite inquieto, como se estivesse prevendo algum fato ruim que pudesse acontecer com ele ou com algum parente.

Oficiais do Corpo de Bombeiros vão fazer a perícia técnica para avaliar o que, de fato, provocou o acidente. Aparentemente, eles relataram à imprensa que não havia qualquer indício de avaria que pudesse motivar a explosão.