Foragido por homicídio e tentativa de assassinato é preso preventivamente dentro de bar na Praia da Garça Torta

Uma das vítimas foi baleada e esfaqueada e não resistiu aos ferimentos; a outra conseguiu fugir pela mata

Em cumprimento a mandado de prisão preventiva, expedido pela 9ª Vara Criminal da Capital, a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prendeu um homem foragido da Justiça por matar uma pessoa e tentar assassinar uma segunda, durante uma festa, na Grota Poço Azul, localizado no bairro Jardim Petrópolis, parte alta de Maceió. A prisão ocorreu nessa segunda-feira (24), em um bar, na Praia de Garça Torta, na Região Norte de Maceió.

De acordo com a Polícia Civil (PC), o suspeito tem ligação com o tráfico de drogas e teria cometido o crime porque, segundo o investigado, as vítimas o chamaram de "cabueta" (quando uma pessoa entrega uma segunda para terceiros).

Os crimes ocorreram no dia 14 de março de 2021. As vítimas foram Wellington Francisco da Silva, de 25 anos, e José Augusto da Silva, de 38. Wellington, que foi baleado e esfaqueado, não resistiu aos ferimentos, e Augusto, que levou um tiro no ombro, conseguiu sobreviver, correndo por uma mata. Momentos antes do crime, eles teriam discutido por um motivo fútil, gerando a ameaça de morte.

Segundo a Polícia Civil, o homem fugiu para Santana do Ipanema, no Sertão de Alagoas, mas retornou a Maceió para levar a namorada à Praia.

O autor responde por homicídio qualificado e tentativa de homicídio (motivo fútil e recurso que dificultou a defesa da vítima).

*Com informações do delegado, Fábio Costa