Imagem
Menu lateral
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > MACEIÓ

Fiscais da SMCCU vão disciplinar ambulantes na orla durante o Réveillon

Comerciantes não vão poder colocar mesas e tendas na areia; população pode denunciar irregularidades

A Superintendência Municipal de Controle e Convívio Urbano (SMCCU) terá quatro equipes durante a virada do ano na orla da capital alagoana. Ao todo, serão 50 fiscais para o ordenamento dos ambulantes entre as praias de Pajuçara e Jatiúca, onde se concentra a maior parte dos maceioenses e turistas que vão ver a queima de fogos.

De acordo com Lourival Antônio, fiscal de posturas dos órgão, as equipes estarão acompanhando o cumprimento da legislação do município, que veda, por exemplo, a colocação de barracas, tendas e mesas na areia da praia e na pista. Apenas cadeiras podem ser utilizadas pelos ambulantes.

Leia também

"Eles já estão avisados disso, então já sabem que é vedado o uso de barracas e mesas, assim como a comercialização de espetinhos de madeiras e de bebidas em vasilhames de vidros", afirma o fiscal, acrescentando que as equipes rodarão pela orla acompanhando os comerciantes.

A fiscalização começa às 7h e segue pela madrugada do dia 1º de janeiro. Lourival diz que os ambulantes foram cadastrados pela Prefeitura para que pudessem ocupar o espaço público. Eles tiveram até o dia 21 de dezembro para procurar a SMCCU e receberam um pedido de permissão.

"Eles entraram com um protocolo e receberam a permissão, mas nem todos estão com isso impresso. Então, vamos analisar lá cada um. Também vamos olhar pelo cadastro, já que alguns estão cadastrados para outras áreas da cidade, como a Fernandes Lima e o Vergel do Lago", explica.

Segundo ele, no reveillón do ano passado, cerca de 400 comerciantes ocuparam a orla da capital. O fiscal de posturas acredita que o número deve ser maior agora. "Creio que, pelo número de pedidos que recebemos e também pelo grande desemprego, devemos ter mais gente comercializando seus produtos na praia nessa virada", avalia.

Em caso de alguma irregularidade, a população pode entrar em contato com a SMCCU pelos telefones98882-8170e98752-6502.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas