Imagem
Menu lateral
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > MACEIÓ

Familiares de idosa internada no HGE denunciam descaso

Eles relatam que mulher de 73 anos está internada, já há uma semana, com suspeita de hemorragia interna, mas sem saber possível causa da enfermidade

Familiares de uma idosa identificada como Maria Benedita dos Santos, de 73 anos, procuraram aGazetaweb,na tarde desta quarta-feira (15), para denunciar uma situação de descaso no atendimento que lhe fora prestado no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió.

Segundo eles, Maria Benedita deu entrada na unidade há uma semana com um suposto quadro de hemorragia interna. Porém, até agora, não foi esclarecido o que estaria a causar os sangramentos. A família alega, ainda, que a idosa está há uma semana somente à base de soro e sem se alimentar, acrescentando que foram realizados um ultrassom e um ecocardiograma, sendo que os resultados ainda não foram apresentados.

Leia também

"Depois dos exames realizados, fomos informados da necessidade de realização de uma colposcopia, ainda na tentativa de descobrir de onde estão partindo os sangramentos. O hospital, então, disse que o equipamento estava quebrado. Depois, voltou atrás e disse que tudo seria resolvido até hoje. Porém, até agora, nada foi resolvido. Além disso, ainda estão se negando a liberá-la, já que, agora, desejamos realizar o exame num hospital particular", disse Fernando dos Santos, neto de Maria Benedita.

Eles alegam ainda que a comunicação com os profissionais do local só acontece quando os familiares insistem por informação e que, numa dessas tentativas, chegaram a ouvir de uma enfermeira que deveriam "agradecer a Deus por ter uma maca", pois "muitos ali queriam ter essa oportunidade e não é possível".


				
					Familiares de idosa internada no HGE denunciam descaso
FOTO: Cortesia

E em virtude da demora, os familiares de Benedita afirmam temer o agravamento de seu quadro de saúde. Maria Benedita sofre de problemas cardíacos e estaria sem poder tomar nenhum dos medicamentos controlados em virtude do atraso para a realização do exame. "É por isso que ela está cada vez mais debilitada", emendou Fernando, lembrando também uma reportagem da TV Gazeta publicada na última segunda-feira (13) que mostrou problemas como superlotação e falta de medicamentos na unidade.

À reportagem daGazetaweb, a assessoria do HGE informou que a paciente ainda não realizou o exame de endoscopia por apresentar alterações nos exames de sangue e ecocardiograma.

Entretanto, uma equipe multiprofissional está atuando na manutenção da saúde da paciente, afim de que o procedimento seja realizado o mais breve possível.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas