Imagem
Menu lateral
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > MACEIÓ

Em greve, funcionários do Veredas protestam contra salários atrasados

Em meio à crise, o governo do Estado informou já ter apresentado planilhas que mostram o repasse à unidade no valor de R$ 66,05 milhões por serviços prestados

Em greve, os profissionais do Hospital Veredas fizeram um protesto na manhã desta sexta-feira (16), reivindicando a regularização dos salários - atrasados desde março -, além de outros itens da pauta. Apesar disso, em meio à crise, o governo do Estado informou já ter apresentado planilhas que mostram o repasse à unidade no valor de R$ 66,05 milhões por serviços prestados.

A paralisação por tempo indeterminado teve início às 07h, quando eles se reuniram em uma manifestação na calçada do hospital, bem como na Avenida Fernandes Lima, para alertar à população e ao poder público.

Leia também

Com cartazes e gritando palavras de ordem, os funcionários cobraram salários atrasados desde março, além de pagamentos de férias e 13º salários atrasados.

Sem receber os pagamentos, uma técnica em enfermagem que preferiu não se identificar lamentou a situação da unidade, onde trabalha há 22 anos.

“A minha sorte é meu outro vínculo, que tem me garantido o sustento, mesmo sendo pouco. O tempo todo estamos testemunhando as colegas que só têm a renda do hospital”, desabafou.

Resposta do Hospital

À GazetaWeb, a direção do Hospital Veredas informou que, apesar de o governo do estado não reconhecer a dívida em sua totalidade, a unidade hospital diz existir um débito que ultrapassa os R$ 18,7 milhões. Ainda de acordo com o hospital, o volume de dívidas em termos de notas fiscais emitidas em 2023 é de cerca de R$ 6,5 milhões.

A direção do Veredas informou ainda que toda a documentação comprobatória da dívida já foi apresentada à atual administração estadual e está ao inteiro dispor do Governo, dos Ministérios Públicos e dos organismos de controle externo.

Em greve, funcionários do Veredas protestam contra salários atrasados
Em greve, funcionários do Veredas protestam contra salários atrasados | Foto: Cortesia à Gazetaweb

Repasse milionário

A versão dos trabalhadores, porém, foi contestada pelo governo do Estado, que apresentou planilhas mostrando o repasse ao Veredas de R$ 66,05 milhões por serviços prestados.

Os dados revelam que a quantia corresponde a repasses ou indenizações entre os anos de 2022 e 2023 (de agosto a junho). Só de pagamentos relativos ao ano passado foram cerca de R$ 60 milhões. A Secretaria de estado da Saúde (Sesau) informou também que o Hospital Veredas alega existir ainda uma dívida remanescente de 2022.

O débito corresponderia a R$ 17 milhões, que, segundo a cúpula da saúde estadual, não são reconhecidos na sua totalidade, mas estão sendo negociados e com perspectiva concreta de parcelamento. Num dos demonstrativos, a secretaria apresenta pagamentos relativos a serviços referentes a atendimentos Pro-Mater, Mais Saúde e Oxigenoterapia.

Uma das parcelas, referente a dívidas de janeiro a maio (2021), repassada em fevereiro, é de R$ 2.068.333,22. No mês seguinte, em março, outro repasse no mesmo valor foi feito, dessa vez referente aos meses de janeiro a outubro de 2021. Ou seja, num intervalo de dois meses, o Veredas recebeu um montante de R$ 4.136.666.44, e, de fevereiro até este mês de junho, o demonstrativo indica que o valor total foi de R$ 6.052.887,81.

A existência da dívida foi confirmada pela procuradora-geral do Estado, Samya Suruagy, entretanto ela ressaltou que o débito se refere ao governo anterior, e não, à gestão do governador Paulo Dantas.

Em greve, funcionários do Veredas protestam contra salários atrasados
Em greve, funcionários do Veredas protestam contra salários atrasados | Foto: Cortesia à Gazetaweb

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na App Store

Relacionadas