Justiça condena dois homens por invadir e roubar casa de idosos em Maceió

Caso aconteceu em novembro de 202; na ação criminosa, a vítima de 81 anos foi agredido e ficou sob a mira de arma de fogo

Em decisão publicada no Diário da Justiça Eletrônico desta terça-feira (14), a Justiça condenou Lins Albuquerque e Ednaldo Antonio da Silva por invadir e roubar a residência de um casal de idosos em Maceió. O caso aconteceu em novembro de 2020.

João Vítor foi condenado a 9 anos, 10 meses e 26 dias de reclusão, por roubo com emprego de arma de fogo. Ednaldo Antonio teve a pena fixada em 12 anos, 11 meses e 16 dias pelo roubo com uso de arma e tortura contra vítima idosa.

Na ação criminosa, um idoso de 81 anos foi agredido e ficou sob a mira de arma de fogo, segundo relatos das vítimas e laudo pericial de exame de corpo de delito. Ainda de acordo com os depoimentos, Ednaldo agredia o homem com o intuito de obter informações sobre um suposto cofre e dinheiro.

A esposa do idoso, a empregada, a babá e uma criança foram trancados em um quarto, enquanto João Vítor recolhia dinheiro e vários objetos do local.

Os réus estão presos desde o flagrante em novembro de 2020. As prisões, já convertidas em preventivas, foram mantidas pela sentença. Além dos dois condenados neste processo, outros dois homens teriam participado do crime, segundo os relatos das vítimas.