Feliciano é condenado a pagar R$ 41,8 mil a Jean Wyllys por fake news

De acordo com a ação, o deputado federal e pastor associou o ex-parlamentar a Adélio Bispo, autor do ataque à faca contra Bolsonaro

A juíza Fernanda Rosado de Souza, do 5º Juizado Especial Cível do TJ do Rio, determinou que o deputado federal e pastor Marco Feliciano (REP-SP) pague indenização, no valor de R$ 41,8 mil, ao ativista e ex-deputado federal Jean Wyllys (PT). A decisão foi tomada em uma ação que alegava fake news disseminadas pelo parlamentar contra o ex-congressista.

De acordo com o processo, Feliciano teria feito postagens associando Jean Wyllys com Adélio Bispo, autor da facada que atingiu Jair Bolsonaro em 2018.

A magistrada decidiu que o pastor terá que indenizar o ex-deputado por danos morais, além de fazer retratação pública no Twitter no prazo de 10 dias.

Se não cumprir com a determinação, Feliciano terá que pagar outra multa, de R$ 20 mil. Ele ainda pode recorrer.