Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
X
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > JUSTIÇA

Conversas mostram relação de alagoano com padre: “Confio no seu amor"

O estudante pede na Justiça o reconhecimento de união estável com o religioso para garantir pensão alimentícia


				
					Conversas mostram relação de alagoano com padre: “Confio no seu amor"
Eles tiveram um relacionamento de um ano.. Reprodução

Conversas de WhatsApp divulgadas pelo site Metrópoles mostram a relação entre o estudante de biomedicina de Maceió Fernando dos Santos, 25 anos, e o padre Samuel Carvalho, de 32 anos, de Minas Gerais. Eles tiveram um relacionamento de um ano e agora o alagoano pede na Justiça o reconhecimento de união estável para garantir pensão alimentícia no valor de um salário mínimo.

Na primeira conversa, Fernando diz que está dando um aviso ao padre para cobrar um “estrago” que o religioso teria feito na vida do estudante. O padre responde: “Está bem. Eu posso te ajudar. Mas esse mês eu gastei além do que poderia”.

Leia também


				
					Conversas mostram relação de alagoano com padre: “Confio no seu amor"
Conversas entre o padre e o estudante de biomedicina.. Reprodução

Em outra conversa, Fernando envia um áudio. momento em que o padre responde. “Eu não posso te ajudar mediante cobranças e ameaças”.


				
					Conversas mostram relação de alagoano com padre: “Confio no seu amor"
Conversas entre o padre e o estudante de biomedicina.. Reprodução

O estudante de biomedicina, em outra mensagem, diz que todos iriam conhecer a fama do padre e o desejou boa sorte. Samuel Carvalho aponta na conversa, então, que os dois precisam se distanciar.


				
					Conversas mostram relação de alagoano com padre: “Confio no seu amor"
Conversas entre o padre e o estudante de biomedicina.. Reprodução

O alagoano diz que o padre irá “se arrepender por tudo”, e que ainda “irá queimar no fogo do inferno”. Na oportunidade, Samuel Carvalho afirma que está ciente das próprias falhas. “Não pode ficar me ameaçando porque não vamos ficar mais juntos”, insiste o padre.


				
					Conversas mostram relação de alagoano com padre: “Confio no seu amor"
Conversas entre o padre e o estudante de biomedicina.. Reprodução

As conversas mostram ainda que o padre tenta amenizar a situação, pedindo para o alagoano ficar tranquilo e que era grato por tê-lo conhecido. “Confio em você e no seu amor por mim. [...] Você é um grande presente pra mim”, afirma o padre em mensagem no WhatsApp para Fernando.


				
					Conversas mostram relação de alagoano com padre: “Confio no seu amor"
Conversas entre o padre e o estudante de biomedicina.. Reprodução

O alagoano parece não querer apaziguar a relação e confessa que o que restou a ele foi ameaçar o padre.


				
					Conversas mostram relação de alagoano com padre: “Confio no seu amor"
Conversas entre o padre e o estudante de biomedicina.. Reprodução

“Peço que não faça mais ameaças em me prejudicar. Não é necessário apagar um sentimento bom por outro sentimento ruim”, diz Samuel a Fernando.


				
					Conversas mostram relação de alagoano com padre: “Confio no seu amor"
Conversas entre o padre e o estudante de biomedicina.. Reprodução

Entenda o caso

Um estudante de Biomedicina, que morava em Maceió-AL, utilizou as redes sociais para denunciar que viveu um relacionamento abusivo com um padre do município de Itumirim, em Minas Gerais. Fernando Leão acionou a Justiça, no último sábado (8), para pedir o reconhecimento de união estável com o religioso.

A denúncia dá conta de que Fernando foi coagido pelo padre Samuel Carvalho Detomi a participar de orgias realizadas dentro do templo religioso e da casa paroquial.

"Para quem não sabe, eu vivi um relacionamento abusivo, narcisista, agressivo, que me submeteu a fazer coisas fora do meu patamar (me envolvi com um padre), onde me fez passar por humilhações, ofensas e agressão psicológica, além disso, eu tinha que acertar os desejos obscuros por orgias, surubas, sem o meu consentimento. Dentro da Igreja, dentro da casa paroquial. Tudo contra o direito de diáconos, contra a Igreja Católica. Enganando fiéis", disparou Fernando Leão, em suas redes sociais.

No perfil do Instagram, o estudante publicou a denúncia que encaminhou à Diocese de São João Del Rei, em Minas Gerais. Na imagem, o estudante afirma que possui uma série de provas contra o padre.

A denúncia de Fernando Leão chegou ao alto escalão da Igreja Católica de Minas Gerais. O bispo de São João Del-Rei, Dom José Eudes Campos do Nascimento, emitiu um comunicado em que afirma que o padre Samuel foi afastado para que sejam realizadas as devidas investigações sobre a denúncia.

"Decreto o afastamento do exercício do Ministério Sacerdotal Ad Cautelam, do Revmo. Pe. Samuel Carvalho Detomi [...] Porquanto o referido clérigo está destituído de seu ofício de Pároco da Paróquia de São Sebastião, no Distrito de Macuco de Minas, na Cidade de Itumirim-MG [...] Em vista das providências cabíveis a serem tomadas no âmbito do Direito Canônico, esse decreto é por tempo indeterminado ou enquanto não mandarmos o contrário", diz o documento emitido pelo bispo Dom José Eudes Campos do Nascimento.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas

X