Acusado de espancar a companheira, que faleceu dias depois, vai a júri nesta quinta

Sessão está marcada para começar às 8h, no salão do 3º Tribunal do Júri, no Fórum da Capital

Um homem, identificado como Luzivaldo Martins da Silva, acusado de agredir e matar a companheira, Valdilene da Silva dos Santos, em 2018, será levado a júri popular pela 9ª Vara Criminal de Maceió. O julgamento acontece nesta quinta-feira (21) e será conduzido pelo juiz Guilherme Bohm.

O crime ocorreu no bairro do Tabuleiro do Martins. De acordo com o inquérito policial, o acusado agredia a vítima frequentemente devido às constantes discussões do casal motivadas pelo hábito diário do homem de ingerir bebidas alcoólicas. Segundo relatos, a vítima havia saído de casa por causa de uma discussão e, ao retornar, o acusado passou a espancá-la, golpeando sua cabeça contra o chão.

A vítima foi levada ao HGE, mas acabou falecendo dias depois. O Laudo de Exame Cadavérico concluiu que Valdilene foi a óbito em decorrência de hemorragia intracraniana, provocada por traumatismo cranioencefálico.

O acusado negou ter cometido o crime, alegando que os ferimentos da vítima foram causados pela queda em um desmaio.