Operação prende suspeitos de homicídios no interior de Alagoas

Quatro pessoas foram presas e uma delas é considerada foragida da polícia

Quatro pessoas suspeitas de homicídio qualificado foram presas, nesta quinta-feira (10), durante operação realizada pelas polícias no interior de Alagoas. Armas e munições foram apreendidas com o grupo. Uma pessoa está foragida. 
A ação, coordenada pelo delegado regional Gustavo Xavier, prendeu Maria Janaína de Araújo, de 27 anos, Maria Verônica de Araújo, de 57 anos, José Alquidenes dos Santos Lima, de 38 anos - que é funcionário da Prefeitura de Jaramataia -, e Alvanir Barbosa Lima, de 43 anos. Um homem, identificado como Adail Barbosa Lima, de 45 anos, está foragido. 
De acordo com informações da Polícia Civil de Arapiraca, todos os presos respondem por um crime de homicídio ocorrido em julho de 2013, em Craíbas. A vítima, José Valdier Freitas de Araújo, caminhava ao lado da esposa quando foi abordada pelos irmãos Aldair e Alvanir, que estavam em uma moto Honda Broz de cor preta e deflagraram diversos disparos de arma de fogo contra ele. Enquanto isso, Alquidenes dava apoio aos criminosos num veículo Fiat Uno de cor branca. 

Mulheres presas são apontadas por mandantes do crime - Foto: FOTO: Divulgação

As duas mulheres presas nesta quinta-feira são apontadas como as mandantes do crime, que teria sido motivado pelo fato de a vítima não querer assumir o filho que teve com uma delas, a Janaína.
As prisões das mulheres aconteceram no município de Craíbas, na região Agreste. Já os homens foram presos na cidade de Jaramataia, no Sertão alagoano. Com os suspeitos, foram apreendidos duas pistolas, sendo uma calibre .40 e outra calibre 9 mm, 50 munições de calibre .40, 40 munições de calibre 9 mm, 30 munições de calibre 380, um colete balístico, 5 cartuchos de calibre 12, 7 carregadores de pistolas, 6 porta-carregadores, uma cinto para cartuchos,  uma bala clava, uma caixa de luva pretas, 6 porta-carregadores de pistola, um aparelho projetor digital e duas placas de trânsito.
Participaram da operação agentes das delegacias de Craíbas e Feira Grande, além de policiais da Asfixia, com apoio do GPJ3. As prisões aconteceram em cumprimento a determinação judicial do juiz da 5ª Vara Criminal de Arapiraca. 

Armas, munições e outros materiais foram apreendidos durante operação

FOTO: Divulgação