MP instaura procedimento para apurar morte de adolescente que caiu de ônibus escolar em Joaquim Gomes

Promotor de Justiça Leonardo Novaes informou, nesta sexta-feira (26), que autoridade policial será acionada

O promotor de Justiça Leonardo Novaes informou, nesta sexta-feira (26), que o Ministério Público de Alagoas instaurou procedimento para apurar a morte de um adolescente de 15 anos que caiu do ônibus escolar nessa quinta-feira (25), em Joaquim Gomes. Mislan Odilon Lima dos Santos acabou atropelado pelo próprio veículo.

Ontem, o motorista do ônibus escolar declarou à polícia que o veículo estaria superlotado e com porta quebrada. Questionada sobre as irregularidades, a Prefeitura de Joaquim Gomes, por sua vez, informou à Gazetaweb que a frota está em perfeito estado de conservação. O caso será investigado também pela Polícia Civil.

“O Ministério Público requisitou instauração de inquérito policial por parte da autoridade policial para que apure a responsabilidade do suposto crime de homicídio culposo na condução do ônibus escolar e também solicitou informações ao prefeito municipal para que preste informações sobre as irregularidades apontadas no ônibus após juntado às informações o Ministério Público adotará as providências cabíveis”, disse o promotor.

Ontem, policiais informaram à Gazetaweb que o motorista do ônibus foi até a sede da Companhia de Polícia, que fica próximo ao local e narrou o que teria acontecido. O acidente ocorreu por volta de 12h, na Avenida Prefeito Osmário Gomes, no bairro Antônio Celestino Lins.

Aos militares, o condutor do veículo contou que era o único adulto no ônibus e que já teria informado à Prefeitura do município sobre o problema e que o adolescente estava encostado na porta do veículo, justamente em razão da superlotação, e que, por isso, ela se abriu.