Incêndio na GranBio continua e deve durar por mais dois dias

Por conta dos três incêndios em menos de 60 dias, empresa estuda colocar depósito em outro local

O incêndio na empresa de biomassa GranBio, situada em São Miguel dos Campos, segue pelo quarto dia consecutivo e a expectativa é de que o fogo dure mais dois dias, pelo menos. Este já o terceiro incêndio no depósito da fábrica em menos de dois meses. Em dezembro, a empresa foi multada em R$ 230 mil pelo Instituto do Meio Ambiente (IMA), em decorrência dos prejuízos causados à região com a queima da cana. 
De acordo com a empresa, não há como apagar rapidamente as chamas que atingem palhas de cana. Por conta disso, a fumaça foi reduzida em 75% em relação ao domingo (3), primeiro dia do sinistro, mas o fogo ainda não cessou. Segundo a GranBio, se jogar muita água, mais fumaça vai subir. Por isso, a brigada está tendo muito cuidado no controle das chamas. 
Todas as exigências que o Instituto do Meio Ambiente (IMA) pediu na época dos outros incêndios já haviam sido acatadas, segundo a empresa. Apesar de não haver uma lei específica para armazém aberto, um novo local, mais afastado da rodovia, será escolhido para instalação do depósito nos próximos dias.
Incêndio
O novo incêndio atingiu a empresa na manhã do domingo. Os carros pipa da fábrica tentaram controlar o fogo, cujas chamas consumiram rapidamente os fardos de palhas de cana no armazém de biomassa. Carretas tentaram retirar parte do material que não foi atingido pelas chamas.  
A empresa já havia sido alvo de outros dois incêndios, sendo um no dia 10 de novembro e outro no dia 3 de dezembro do ano passado.