Idoso de 70 anos foi executado após zombar da sexualidade de prestador de serviço, diz polícia

Suspeito não gostava de brincadeiras feitas pela vítima; fato aconteceu no último sábado, em Mata Grande

O delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti informou à Gazetaweb, nesta segunda-feira (13), o que teria motivado a morte do idoso de 70 anos, em Mata Grande, no interior de Alagoas, no último sábado (11). A vítima teria ‘zombado’ da sexualidade do suspeito, que, segundo a polícia, trata-se de um homem que prestava serviços para o idoso. Este foi assassinado a tiros.

Ainda segundo o delegado, o suspeito não gostava de brincadeiras feitas pela vítima, principalmente sobre um apelido que ele não aceitava.

O suspeito, tido como “esquentado”, seguiu para a cidade, para ser vacinado contra a Covid-19, quando se deparou com o idoso, que estava na feira livre daquela região. Os dois teriam se desentendido por conta de brincadeiras, que, para o suspeito, eram de mau gosto.

O delegado informou, também, que, após o desentendimento, o suspeito - que reside no mesmo povoado que a vítima - se armou e, em uma moto, seguiu o idoso no caminho de volta para o trabalho. A vítima também estava conduzindo uma moto, quando foi alcançada pelo suspeito e executada a tiros.

Após o crime, o acusado fugiu tomando destino ignorado.

O caso segue sendo investigado pelas autoridades policiais de Alagoas.