Ex-bombeiro militar é assassinado a tiros à porta de casa em Murici

Crime foi praticado por dois homens em uma motocicleta

Um ex-bombeiro militar foi assassinado a tiros em casa, na noite dessa quarta-feira (23), no conjunto Pedro Tenório Raposo, no Centro de Murici, na Zona da Mata alagoana. 
Segundo informações de um militar do 2º Batalhão, que preferiu não se identificar, dois homens em uma motocicleta chegaram à residência de Rondesson Ricardo Guimarães, de 41 anos, e bateram na porta. Quando o morador atendeu ao chamado, foi atingido por pelo menos quatro disparos de pistola .40, morrendo no local, antes de receber atendimento médico. 
Os acusados do crime fugiram logo após a ocorrência. Buscas foram efetuadas, mas nenhum dos autores foi localizado. A motivação do crime será investigada. 

Ricardo era ex-bombeiro militar  - Foto: FOTO: Cortesia

"É muito complicado dizer algo quando nem as próprias testemunhas falam. Só sabemos que ele era conhecido na região e que deixou de ser bombeiro porque aderiu ao PDV [Plano de Demissão Voluntária]", disse o PM.
Informações extraoficiais apontam, entretanto, que a vítima respondia por crimes de homicídio na região. 
O corpo foi periciado pelo Instituto de Criminalística (IC) e recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML). Agentes da Delegacia de Murici também foram acionados e estiveram no local da ocorrência.