Ação integrada prende acusados de matar enfermeira em Batalha

Segundo Secretaria de Segurança, Davi "Boiadeiro" e Thiago Lucas, primo de Davi, confessaram o crime

Uma operação envolvendo policiais civis e militares resultou na prisão, nesta terça-feira (22), de dois acusados de envolvimento na morte da enfermeira Mércia Ladislau Góes, de 46 anos, morta a tiros na noite do último sábado (19), em Batalha, município do Sertão alagoano. Davi "Boiadeiro", de 24 anos, e seu primo Thiago Lucas, 22, foram detidos em cumprimento a mandados de prisçao expedidos pelo juiz plantonista Antônio Barros Lima, da 9ª Vara de Arapiraca.
Segundo a Secretaria de Segurança Pública, ambos confessaram o crime que chocou a população de Batalha, já que Mércia foi assassinada dentro de casa, ao tentar proteger o namorado, após confusão em um posto de combustíveis da cidade.
De acordo com as autoridades policiais envolvidas na ação, Davi é filho de Laércio "Boiadeiro" e também é acusado de envolvimento em crimes na região. O suspeito teria ido à casa da vítima com um facão e, posteriormente, retornado com um revólver. Os tiros foram deflagrados por Davi, diz a polícia, enquanto Thiago, seu primo materno, seria o condutor do veículo utilizado durante a fuga. 
"Todas as testemunhas foram ouvidas e reconheceram o Davi e o primo como os autores. Em oitiva, eles confessaram o assassinato", declarou o delegado Rômulo Monteiro, da Regional de Batalha.
 
"Após as prisões, os criminosos foram levados ao Instituto Médico Legal de Arapiraca para o exame de corpo de delito. Foi mais uma missão cumprida graças à integração dos agentes de segurança", ressaltou o coronel PM Luiz Carlos, comandante de Policiamento da Área I (CPA-I).
Além das prisões, policiais da Delegacia Regional de Batalha, militares do Pelotão de Operações Policiais Especiais (Pelopes), do 7º Batahão e do Grupamento de Polícia Militar (GPM) de Batalha também cumpriram mandados de busca e apreensão nas casas dos acusados, com o intuito de apreender a arma do crime, que não foi encontrada.

Suspeitos de matar Mércia Ladislau no último fim de semana  - Foto: FOTO: (Foto: Divulgação)