Ufal diz que recebeu com surpresa portaria sobre retorno às aulas presenciais

Assunto será discutido nas instâncias acadêmicas e levado à Andifes

Após a portaria divulgada pelo Ministério da Educação (MEC), definindo que as instituições federais de ensino superior retornem às aulas presenciais, a partir de janeiro de 2021, a Universidade Federal de Alagoas (Ufal) informou, por meio de nota, na manhã desta quarta-feira (2), que recebeu com surpresa a portaria.
"A Ufal recebeu com surpresa nesta data a portaria 1030/2020, que determina a volta às aulas presenciais a partir de janeiro de 2021. O tema será objeto de discussão nas instâncias acadêmicas e na gestão, bem como será levado à Andifes", diz a nota. 
Conforme a nota, o pronunciamento do instituto de ensino sobre a decisão do MEC será realizado após posicionamento em conjunto entre o reitor Josealdo Tonholo e a Andifes. "Tão logo o reitor Josealdo Tonholo tenha posicionamento institucional, em conjunto com a Andifes, fará o devido pronunciamento".
A reportagem entrou em contato com o Ifal e aguarda um posicionamento oficial sobre a portaria.