Sistema prisional de Alagoas tem quase 20 servidores infectados pela Covid-19

Até o momento, um óbito foi registrado e há 148 casos suspeitos; ainda não há reeducandos contaminados pelo vírus

A Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) informou, nesta terça-feira (19), que 19 servidores do sistema prisional de Alagoas foram infectados pelo novo coronavírus (Covid-19). Ainda não há registro da doença entre os reeducandos. 
Além disso, o órgão contabiliza um óbito em decorrência do vírus, 148 casos suspeitos e 57 descartados. Caso ocorra suspeitas de contaminação pela Covid-19, o custodiada fica solamento durante 30 dias, no hospital de campanha montado no Presídio Feminino Santa Luzia. 
* Com informações da assessoria de imprensa da Seris.