Imagem
Menu lateral
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > GERAL

Grupo Impulse ajuda a revolucionar mercado de trabalho digital e cresce 1.500% em 2023

Entre no excitante mundo do rugby, onde a força, a estratégia e a paixão se encontram. Descubra a intensidade deste desporto apaixonante que conquista fãs em todo o mundo

Rugby

O rugby, um desporto de equipa intenso e estratégico, teve origem em Inglaterra no século XIX. Caracteriza-se pela combinação de força física, agilidade e tática de equipa, e é jogado tanto em campos abertos como em estádios. O principal objetivo é marcar pontos através de "trys", quando a bola é colocada atrás da linha do inimigo, e de remates à baliza. O rugby destaca-se pela sua natureza física, incluindo tackles e scrums, em que os jogadores se envolvem em disputas físicas directas para ganhar a posse da bola. Este desporto promove valores de respeito, disciplina e espírito de equipa, atraindo adeptos e jogadores de todo o mundo.

Leia também


				
					Grupo Impulse ajuda a revolucionar mercado de trabalho digital e cresce 1.500% em 2023
Rugby: força, estratégia, paixão. Reprodução

História e Evolução do Rugby

O Rugby tem as suas raízes no início do século XIX, na cidade de Rugby, em Inglaterra, onde, segundo a lenda, William Webb Ellis, um estudante, desafiou as regras do futebol tradicional ao apanhar a bola com as mãos durante um jogo. A partir deste ato de rebeldia, o Rugby começou a desenvolver-se como um desporto distinto, com as suas próprias regras e características.

Inicialmente restrito às escolas britânicas, o Rugby rapidamente se espalhou pelo Reino Unido e por outras nações do Império Britânico, como a Austrália, a Nova Zelândia e a África do Sul. No final do século XIX, foi criada a Rugby Football Union (RFU) para padronizar as regras do jogo. Esta uniformização foi crucial para a expansão internacional do desporto.

No século XX, o Rugby diversificou-se em duas variantes principais: Rugby Union, com 15 jogadores por equipa, e Rugby League, com 13. Ambas as versões partilham muitas regras e objectivos semelhantes, mas diferem em aspectos como as regras de marcação de pontos e de desarme.

O rugby também evoluiu em termos de profissionalismo e inclusão. Tornou-se profissional na década de 1990, permitindo que os jogadores recebessem pagamentos. Além disso, o desporto alargou a sua inclusão, com o crescimento do rugby feminino e de variantes como o rugby em cadeira de rodas.

Regras e Formatos de Jogo

No Rugby, existem regras e formatos de jogo distintos que definem a forma como o desporto é jogado. Tradicionalmente, o Rugby divide-se em duas variantes principais: Rugby Union, com 15 jogadores por equipa, e Rugby League, com 13 jogadores. Ambas perseguem o objetivo de marcar pontos através de "trys", remates à baliza e drop goals. O Rugby Sevens, uma versão mais rápida e dinâmica, ganhou popularidade, especialmente após a sua inclusão nos Jogos Olímpicos, sendo jogado com 7 jogadores por equipa.

Para quem procura emoção adicional, algumas plataformas de apostas desportivas e casinos oferecem oportunidades como ganhar 10€ grátis ao fazer apostas, permitindo que os fãs de rugby se envolvam mais profundamente com o desporto. Estas promoções, sempre sujeitas a termos e condições, permitem aos entusiastas do rugby explorar uma dimensão diferente do jogo, combinando o prazer de assistir a jogos intensos com a emoção das apostas desportivas.

Regras Básicas da Rugby Union e da Rugby League

Veja a baixo algumas regras básicas da Rugby Union e a Rugby League:

União de Rugby

  1. Equipas e duração: cada equipa tem 15 jogadores e um jogo típico tem a duração de 80 minutos, divididos em duas partes de 40 minutos.
  2. Pontuação: Os pontos podem ser marcados de várias formas: 5 pontos por um "try" (colocar a bola no chão na área de golo do adversário), 2 pontos por uma conversão após um try, 3 pontos por um penalty ou drop goal .
  3. Rucks e Mauls: são formas de lutar pela bola após uma placagem. Num ruck, os jogadores devem ficar de pé e lutar pela bola com os pés, enquanto num maul podem utilizar as mãos.
  4. Lineouts e Scrums: são métodos para reiniciar o jogo depois de a bola sair do campo ou após algumas infracções. O scrum é uma competição de força e técnica entre as frentes das equipas, e o lineout consiste em lançar a bola para o campo a partir da linha lateral.

Liga de Rugby

  1. Equipas e duração: consiste em duas equipas de 13 jogadores cada, com jogos também divididos em duas metades de 40 minutos.
  2. Pontuação: um ensaio vale 4 pontos, uma conversão após um ensaio vale 2 pontos e um penalty ou drop goal valem 2 e 1 ponto, respetivamente.
  3. Desarmes: ao contrário da Rugby Union, na Rugby League, a equipa com a bola tem um limite de seis tackles para avançar; após o sexto tackle, a bola é entregue à equipa adversária.
  4. Scrums e Play-the-Balls: os scrums são menos frequentes e menos disputados do que no Union. Após uma placagem, ocorre uma jogada de bola, em que o jogador placado pode rolar a bola para trás com o pé para um colega de equipa.

Ambas as variantes partilham regras básicas, como a proibição de passar a bola para a frente (apenas lateralmente ou para trás), a necessidade de fazer um tackle abaixo dos ombros e a proibição de obstruir os adversários sem a bola.

Impacto Cultural e Global do Rugby

O rugby tem um impacto cultural e global significativo, transcendendo as fronteiras do campo de jogo. Sendo um desporto que valoriza a disciplina, o trabalho de equipa e o respeito, influencia positivamente as comunidades, promovendo a unidade e a inclusão social. Em países onde o rugby é popular, como a Nova Zelândia, a África do Sul, a Inglaterra e o País de Gales, faz parte da identidade nacional e é uma fonte de orgulho e tradição.

Além disso, o rugby tem um impacto económico notável, especialmente através de eventos internacionais como o Campeonato do Mundo de rugby, que atrai milhões de espectadores e turistas. Este aspeto global do rugby também se reflecte no mundo das apostas desportivas e dos jogos em linha. Sites como slotozilla.com/pt/free-spins, incluem frequentemente opções para apostar em jogos de rugby, reflectindo a popularidade do desporto entre os jogadores. Esta interação entre o rugby e o mundo digital amplia ainda mais o seu alcance e impacto, tornando-o não só um fenómeno desportivo, mas também um elemento cultural e económico relevante na cena mundial.

Torneios Internacionais e o Campeonato do Mundo de Rugby

O rugby, com a sua crescente popularidade, conta com vários torneios internacionais importantes, cada um deles contribuindo para a rica tapeçaria do desporto na cena mundial.

  1. Campeonato das Seis Nações: envolvendo a Inglaterra, França, Irlanda, Itália, Escócia e País de Gales, é um dos torneios anuais mais prestigiados da Rugby Union. Tradicionalmente, cada equipa joga contra todas as outras, e o vencedor é declarado campeão.
  2. O Campeonato de Rugby: este é o equivalente do Hemisfério Sul ao Torneio das Seis Nações, com a participação da Nova Zelândia, Austrália, África do Sul e Argentina. Tal como nas Seis Nações, as equipas jogam entre si em jogos em casa e fora.
  3. Excursões dos Leões Britânicos e Irlandeses: Uma equipa composta por jogadores da Inglaterra, Irlanda, Escócia e País de Gales, os Lions realizam digressões internacionais de quatro em quatro anos, competindo principalmente contra equipas do Hemisfério Sul.

Campeonato do Mundo de Rugby (Rugby World Cup)

O ponto alto do calendário internacional de rugby é o Campeonato do Mundo de rugby, que se realiza de quatro em quatro anos. Este torneio reúne as melhores equipas nacionais do mundo numa competição para determinar o campeão mundial. Desde a sua primeira edição em 1987, o Campeonato do Mundo de Rugby tornou-se um dos eventos desportivos mais vistos e celebrados a nível mundial, promovendo uma atmosfera de competição feroz e desportivismo. A competição é conhecida pelo seu formato de grupos seguido de fases eliminatórias, culminando numa final emocionante. Este torneio não só mostra o melhor do rugby em termos de habilidade e estratégia, como também promove a unidade e o respeito entre as nações, reflectindo os valores fundamentais do desporto.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na App Store

Relacionadas